Serra do Rio do Rastro – Exuberância da natureza em Santa Catarina

Serra do Rio do Rastro – Exuberância da natureza em Santa Catarina

A serra do Rio do Rastro contempla vegetação abundante, cachoeiras, grutas, cânions e é cortada por uma rodovia apontada como uma das mais bonitas do mundo. Vale cruzar a estrada e fazer algumas paradas pelo percurso para apreciar essa preciosidade no sul do Brasil.

O que é a Serra do Rio do Rastro?

Interligando os municípios de Bom Jardim da Serra e Lauro Muller, a Serra do Rio do Rastro é uma rodovia que contém um mirante a mais de 700 metros de altitude e, entre paredões rochosos, existem 256 curvas nos mais de 35 quilômetros de extensão. Há subidas e descidas íngremes, portanto, o motorista e o motociclista devem ter muita atenção.

Melhor horário para ir à Serra do Rio do Rastro

É melhor aproveitar a serra no verão e na primavera, pela manhã e nas primeiras horas da tarde. Nestas circunstâncias o sol brilha mais forte, o que facilita fotografar o entorno e, evidentemente, ter mais segurança no passeio.

O que fazer nas imediações

Serra do Rio do Rastro – Exuberância da natureza em Santa Catarina

1. Cânion das Laranjeiras

Localizado no município de Bom Jardim da Serra, o Cânion das Laranjeiras tem 1500 metros de altitude e é um dos lugares mais deslumbrantes de Santa Catarina. O viajante que percorrer a trilha irá se deparar com fendas, cachoeiras e aquela imensidão típica de recantos montanhosos.

2. Cascata da Barrinha

A pequena cachoeira, localizada perto do mirante da Serra do Rio do Rastro, fica abaixo do nível da estrada e é um lugar perfeito para o visitante se refrescar depois de uma trilha.

3. Cânion do Funil

Com o auxílio de um guia se chega à trilha do Cânion do Funil — situada em Bom Jardim da Serra. Apesar do fácil trajeto, são 7 quilômetros de extensão, motivo esse que pede por ajuda de um profissional experiente.

4. Mirante da Serra do Rio do Rastro

Não há melhor lugar para observar o complexo de montanhas catarinense do que do alto do mirante da Serra do Rio do Rastro. Além da privilegiada posição geográfica, o espaço é confortável, com bons restaurantes por perto.

5. Fotografar a Pedra Furada

Possivelmente o monumento rochoso mais bonito do passeio, a Pedra Furada é uma escultura com circunferência de 30 metros em formato de janela. Vale fazer a trilha pelo Morro da Igreja e conferi-la de perto. Atenção: a trilha sugerida está localizada em Urubici, e seus 1822 metros é o ponto mais alto do Sul do Brasil.

6. Urubici

A cidade do Morro da Igreja enche os olhos daquele turista que ama ambientes bucólicos e relaxantes. Ver de perto as plantações de maçã e conferir a produção artesanal de doces, queijos e conservas são uma ótima dica de passeio neste excelente ponto de partida para as atividades na Serra do Rio do Rastro.