Cruzeiro marítimo sem mistérios

Cruzeiro marítimo sem mistérios

Normalmente muitas dúvidas surgem quando desejamos fazer uma viagem de navio, o que acaba nos desestimulando em continuar planejando o turismo em um cruzeiro marítimo.

Todo o conforto do navio, as praias paradisíacas, e os encantos românticos de uma viagem em alto mar acabam ficando só na vontade, muitas vezes por falta de informações sobre o assunto.

Veremos aqui que existem maneiras de nos preparar para uma aventura maravilhosa destas sem grandes sustos, e o melhor, sem gastar muito. Pois viajar é um dos melhores investimentos da vida!

Onde comprar um cruzeiro?

De preferência, devemos procurar um agente de viagens de nossa confiança. Caso não conheçamos, devemos pesquisar em nossa região e visitar a loja, pesquisando pela internet o nível de satisfação dos clientes que eles têm. Conhecendo as possibilidades e deixando claro aquilo que queremos.

Que tipo de cruzeiro devemos escolher?

São várias as possibilidades. Depois de conhecer os itinerários disponíveis, precisamos indicar a rota que queremos fazer. Logo depois é a hora de escolher o porto onde queremos embarcar. Aquele de mais fácil acesso de onde moramos. Depois de determinar o orçamento, devemos escolher o tamanho do navio e saber a idade dos passageiros daquela viagem.

Escolhendo a cabine

Esta escolha irá influenciar diretamente no preço da viagem. As melhores estão no centro do navio, pois ali não se sente tanto o balanço do mar. Existem basicamente os tipos: Interna sem janela, externa com uma janelinha que não abre, externas com varanda e espreguiçadeira, e as suítes com mais sofisticação com quarto, sala de estar elevador privativo e até mordomo.

E as malas?

Dependendo da cabine que escolhemos, vamos nos basear para a quantidade de bagagens. Equipamentos eletrônicos são considerados bagagem de mão. Mas independente disso, precisamos identificar todos os volumes com nome, telefone, nome do navio e número da reserva.

 Que tipos de roupas devemos levar?

Um ponto importante é o Dress Code, ou seja, o tipo de roupas que são padrão daquela viagem. É importante ver o jornal das atividades de bordo, mas de modo geral, roupas leves durante o dia e formais à noite. Levando em consideração que os navios possuem vários ambientes.

Quanto vou gastar, durante a viagem?

Nos passeios terrestres e nas lojas do navio as compras podem ser feitas com cartão de crédito. Também há a opção do cartão de bordo que recebemos no check-in. Normalmente este cartão também é usado para abrir a cabine. Na hora da contratação da viagem na agência, atenção especial para as taxas portuárias que são cobradas à parte.

Viva este sonho!

O sonho de fazer um cruzeiro marítimo pode ser possível se houver planejamento e dedicação para vivê-lo! Não esquecendo que planejar já faz parte da viagem, e não custa nada!

Boa viagem!