5 Lugares em São Paulo Capital Para Conhecer.

Veja os lugares que você pode conhecer quase de graça.

Se você faz a linha que sempre economiza nas viagens e conhece várias dicas de onde ir em São Paulo de graça, conte pra gente nos comentários! Quanto mais economizarmos, melhor! São Paulo e turismo têm tudo a ver. Não perca tempo e anote todas as dicas do que fazer e onde ir em São Paulo. Quem sabe não nos encontramos na Paulista!

Independente da atração, fique atento aos horários especiais de funcionamento, à venda e retirada de ingressos online, e à obrigatoriedade de apresentação do passaporte da vacina durante a pandemia. Antes da visita, consulte os sites oficiais para saber as regras de cada um deles.

Mirante do SESC Paulista

1 – Percorra a Avenida Paulista de ponta a ponta

Principal avenida da cidade e um dos melhores pontos turísticos de SP, a Avenida Paulista é um bom resumo do turbilhão de diferentes culturas que formam a cidade. Ela é capaz de ocupar um viajante por bastante tempo, por isso, se for a sua primeira vez em São Paulo, não se apresse em sair da Paulista.

2 – Visite os espaços culturais da Paulista, a começar pelo MASP
Caminhar pela Avenida Paulista já é por si só uma das melhores atrações de São Paulo. Mas não deixe de explorar as atrações culturais oferecidas por lá. A Avenida Paulista concentra excelentes opções de museus e espaços destinados à cultura. O melhor de tudo é saber que alguns deles oferecem entrada gratuita para exposições, shows e até peças de teatro, o que faz do lugar um dos imperdíveis pontos turísticos de São Paulo.

3 – Veja São Paulo bem do alto

A imensidão de São Paulo nem sempre pode ser percebida andando em meio aos prédios. Porém, basta conseguir ver acima deles para ter noção de quão enorme é a capital paulista. Quem gosta de conhecer as cidades do mundo por novos ângulos não pode perder alguns mirantes gratuitos de São Paulo. O mais popular e acessível é o Mirante do SESC, localizado na Avenida Paulista. O visual é disputado e por lá vale aproveitar para um café, uma boa refeição e até uma taça de vinho diante da paisagem urbana. Certamente um dos melhores lugares para ir em São Paulo de graça.

Conjunto Nacional.

Localizado na mais paulista das avenidas, o Conjunto Nacional vive no ritmo de São Paulo. Prestes a completar 50 anos, o complexo abriga lojas, restaurantes, livrarias e apartamentos.

Inaugurado em 1958, o Conjunto Nacional é considerado o primeiro shopping center da América Latina. Construído na época da Avenida Paulista dos grandes casarões, o complexo foi um dos responsáveis  por transformar a morada dos barões do café no maior centro financeiro do Brasil.

O local se tornou famoso em São Paulo por receber o renomado restaurante Fasano, onde se realizavam os badalados “jantares dançantes” que agitavam a cidade e recebiam astros da música internacional, como Nat King Cole, Roy Hamilton e Marlene Dietrich. Porém, com a situação política do país se tornando cada vez mais instável após o Golpe de 1964, o Fasano acabou fechando as suas portas em 1968.Atualmente, o Conjunto Nacional é dividido entre o prédio “horizontal”, onde funcionam os estabelecimentos comerciais, e o complexo residencial, localizado no edifício Horsa. O centro comercial abriga a megaunidade da Livraria Cultura, academia, casa de câmbio, drogarias e lojas, além de duas salas do Cine Livraria Cultura – que funciona onde estavam as antigas instalações de outro histórico cinema de São Paulo, o Cinearte. No Conjunto também funciona uma unidade da Caixa Cultural, onde ocorrem exposições e apresentações de dança e teatro.

Vila Madalena SP

A Vila Madalena – ou Vila Madá, como dizem os mais íntimos – é um dos bairros mais badalados e agitados de São Paulo e um dos mais descolados do mundo. São inúmeros bares, restaurantes, galerias, grafites, baladas e lojas espalhadas por ruas com nomes inusitados, como a Aspicuelta (um padre espanhol do século 16), a Girassol, a Purpurina ou a Wisard.

E cada estabelecimento tem seu jeitinho especial. Têm os botecos clássicos, daqueles com azulejos na parede, chope gelado, futebol e caldinho de feijão, como o São Cristovão, e os com algo a mais, como a Mercearia São Pedro e o Salve Jorge – que dá desconto pra qualquer um que se chame Jorge. O bairro oferece outras diversas baladas para todos os gostos.