5 dicas para melhorar o sinal WiFi

5 dicas para melhorar o sinal WiFi

Muitas vezes a conexão WiFi pode apresentar problemas, seja por interferências de outros equipamentos, pelo mau posicionamento do roteador ou até mesmo pela baixa qualidade do aparelho. 

5 dicas para resolver os problemas com o WiFi

5 dicas para melhorar o sinal WiFi

1. Manter os equipamentos atualizados

Assim como todos os equipamentos eletrônicos e tecnologias, o WiFi está em constante evolução, assim, sempre que possível, se devem atualizar os aparelhos para garantir sempre mais velocidade e confiabilidade na transmissão de dados.

2. Posicionar o roteador no melhor lugar possível

Mesmo que o roteador não combine com a decoração da sala de estar, não é aconselhável que o esconda atrás de algum móvel. É extremamente importante que ele fique posicionado em um local alto e completamente livre de obstáculos. Afinal de contas, ele é um transmissor de sinal e precisa de espaço.

3. Procurar o canal de transmissão adequado

Os roteadores transmitem ondas de rádio e, para que o sinal possa trafegar sem problemas, ele precisa de um canal de comunicação que não interfira em outros aparelhos. Como hoje em dia quase todo mundo possui um equipamento desses em casa, é normal que existam conflitos, principalmente se eles utilizarem o mesmo canal de transmissão. Existe um programa para aparelhos Android muito eficiente chamado Wi-Fi Analyser que pode ajudar. Após descobrir qual dos canais está sendo menos utilizado, reprogramar o seu roteador e aproveitar o sinal de rede mais estável.

4. Identificar aparelhos que causam interferência

Além de outros roteadores próximos, existem outros equipamentos que podem causar interferência na rede. Telefones sem fio e fornos de micro-ondas estão entre os principais responsáveis por isso.

5. Aumentar a segurança de sua rede

Mesmo que o roteador já tenha uma senha cadastrada, pode ser que ela seja muito simples e algum vizinho oportunista esteja roubando o sinal de sua rede, deixando-a lenta. A melhor maneira de evitar que esse tipo de coisa aconteça é escolher um padrão de segurança mais avançado, como o WPA.