Vitaminas e Minerais importantes na Terceira Idade

Vitaminas e Minerais importantes na Terceira Idade

Com o avançar da idade, precisamos mudar a nossa alimentação de acordo com as necessidades do nosso corpo e dar mais atenção a alimentos saudáveis, pois podem surgir deficiências nutricionais que reduzem a qualidade de vida. Um estudo realizado nos Estados Unidos, na Universidade Tufts, demonstrou que 20% dos idosos que fizeram parte da pesquisa sofriam de gastrite atrófica, que causa infecções e danos às células que produzem o ácido no estômago. A baixa quantidade de ácido pode dificultar a absorção de vitaminas e nutrientes essenciais, como vitamina B12, cálcio, ferro e magnésio.

Vitaminas e minerais essenciais que devemos consumir na terceira idade

Vitaminas e Minerais importantes na Terceira Idade

 

Veja também:

8 Sinais de falta de vitaminas no organismo

  1. Proteínas para evitar atrofia muscular

Por causa do envelhecimento perdemos massa muscular e, com isso, perdemos força. Depois os 30 anos, uma pessoa perde em média de 3 a 8 por cento de massa muscular e, de acordo com um estudo publicado em 2017, este é o motivo pelo qual as pessoas sentem mais fraqueza e estão mais propensas a doenças e fraturas ósseas. Por isso, é importante consumir mais proteína. Um estudo de 2008 revelou que idosos que consumiam proteína perderam 40% menos massa muscular comparado aos que não consumiam.

  1. Fibras para evitar constipação e problemas gastrointestinais

A constipação é um problema comum em pessoas acima de 65 anos, e é mais frequente em mulheres. Isso acontece porque pessoas de idade mais avançada se movimentam menos durante o dia, o que reduz o movimento intestinal, que pode se agravar se a pessoa fizer uso de medicamentos.

  1. Cálcio e vitamina D para fortalecer os ossos

De acordo com um estudo realizado em 2014, corpos de pessoas adultas tendem a absorver menos cálcio devido à falta de vitamina D, e isso fica mais difícil com o processo de envelhecimento. Nossos corpos produzem vitamina D pelo colesterol que se encontra na pele quando expostos à luz solar, mas o envelhecimento deixa a pele mais fina e dificulta esse processo. Por isso, além do cálcio, é importante o consumo de vitamina D, que pode ser através de exposição à luz solar em horários oportunos ou por meio de suplementos que contém esta e outras vitaminas.

  1. Vitamina B12 para o cérebro

A vitamina B12 também é conhecida como cobalamina e é uma das vitaminas essenciais para a produção de glóbulos vermelhos e para manter o funcionamento saudável do cérebro. Estudos mostram que 10 a 30% das pessoas com mais de 50 anos têm dificuldade em absorver essa vitamina, causando deficiência em longo prazo.

  1. Água para prevenir desidratação

Cerca de 70% do nosso corpo é constituído de água, por isso é importante manter essa proporção à medida que envelhecemos, pois o organismo fica mais propenso à desidratação com o aumento da idade. Beber 2 copos de água a cada refeição e manter uma garrafa com água por perto para tomar durante o dia, faz toda diferença.