Vamos dançar? Os benefícios deste doce hábito

Vamos dançar? Os benefícios deste doce hábito

Qual o seu grau de envolvimento com a dança? Se não tem o hábito de se deixar embalar, pelo menos de vez em quando ao som de alguma música contagiante, seja separado ou a dois, está na hora de repensar esta postura. Talvez esteja na hora de começar a dançar.

Dançar é considerado uma ótima atividade de baixo impacto para o corpo, com consequências positivas para a mente, as emoções e o convívio social.

Em comparação a outras atividades físicas, dançar tem vantagens como:

  • Libera endorfina, combatendo males como estresse e ansiedade;
  • Melhora a flexibilidade, alongando e exercitando os músculos;
  • Exercita a coordenação motora;
  • Ajuda no equilíbrio e fortifica as pernas;
  • Faz bem para a autoestima;
  • Combate a depressão;
  • Estimula o convívio social;
  • Auxilia a perda e a manutenção de peso.

Dançar exercita o cérebro

Na terceira idade precisamos lançar mão de todos os meios possíveis para manter nossas mentes sadias. A dança é uma das melhores atividades para manter nosso cérebro em atividade. Coordenação motora, concentração e elevação da circulação cerebral estão entre os principais pontos trabalhados. Os estímulos ocasionados pelo conjunto constituído por ritmo e movimento, ajudam no despertar de áreas adormecidas, aumentando as conexões neuronais, que proporcionam aumento das habilidades de aprendizado, memória e raciocínio. Levando assim à diminuição da ansiedade e do estresse.

Vamos dançar? Os benefícios deste doce hábito

Mais benefícios da dança

Dependendo da modalidade escolhida, dançar pode queimar até 700 calorias em 1 hora, trás uma ótima sensação de liberdade, onde temos a oportunidade de expressar sensualidade e melhorar nossas conexões sociais.

Estar num salão de festas, acompanhado de gente boa, ao som de uma boa música pode ser rejuvenescedor! Uma áurea diferente se instala e passamos a acreditar mais em nós mesmos e na vida, pois as amizades se afiam e as emoções afloram!

Vamos considerar a possibilidade de experimentar essa sensação que não tem contra indicações e é muito prazerosa!