Valeriana – Equilibra a pressão arterial entre outros benefícios

Valeriana – Equilibra a pressão arterial entre outros benefícios

Valeriana officinalis é uma planta medicinal também conhecida pelos nomes de erva dos gatos, valeriana-das-botica e valeriana selvagem. A erva produz flores de cor rosa e pode chegar a atingir um metro de altura.

A valeriana é conhecida por ser dotada de propriedades antiespasmódicas, sedativas, calmantes, soníferas, anticonvulsivas, relaxantes e soporíferas – que provocam o sono.

Benefícios da valeriana

Valeriana – Equilibra a pressão arterial entre outros benefícios

1. Ajuda a dormir melhor

Por trazer um efeito calmante e possuir propriedades relaxantes, sedativas e que estimulam e provocam o sono, a valeriana pode servir como um remédio natural para pessoas que sofrem com dificuldades para dormir.

2. Combate ansiedade e estresse

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reconhece a valeriana como uma erva que pode trazer benefícios em relação à ansiedade. Pesquisadores concluíram que a raiz da erva aumenta a quantidade da substância química ácido gama-aminobutírico (GABA) no cérebro. Tal composto ajuda a regular as células nervosas e acalma a ansiedade.

3. Diminuição da pressão arterial

Os compostos ativos da valeriana que auxiliam o controle da ansiedade e do estresse também podem contribuir com a regulação da pressão arterial.

4. Alivia as cólicas menstruais

Um desconforto proveniente da Tensão Pré-menstrual (TPM) é a cólica. A raiz da valeriana ajuda a amenizar o problema por se tratar de um composto antiespasmódico e sedativo, que atua como um relaxante natural para os músculos e reprime os espasmos musculares.

5. Auxilia no tratamento do transtorno obsessivo-compulsivo (TOC)

O TOC é caracterizado por pensamentos obsessivos e intrusivos e comportamentos repetitivos, além da necessidade de checar as coisas repetidas vezes e de ter uma rotina com rituais que se repetem e seguem um padrão de regras rígidas, que são estabelecidas pela própria pessoa. Uma pesquisa do ano de 2011 indicou que a valeriana pode oferecer certa contribuição ao tratamento do TOC, sendo bem tolerado pelos pacientes.

6. Contribui com o tratamento da hiperatividade em crianças

Um estudo de 2014 avaliou os efeitos de uma combinação entre erva-cidreira e extrato da raiz de valeriana em 169 crianças com idade própria para escola primária durante sete semanas.

O resultado foi que a porcentagem de crianças que apresentava hiperatividade diminuiu de 60% para 13%.

Chá de valeriana

Ingredientes:

  • 1 colher de chá de raiz e rizoma de valeriana picados;
  • Água fervente.

Modo de preparo:

  1. Colocar a água fervente dentro de uma xícara de chá;
  2. Acrescentar a valeriana e abafar durante cinco minutos;
  3. Após, coar e consumir o chá.