Travesseiro – Como fazer a higienização correta

Travesseiro – Como fazer a higienização correta

Existem cuidados necessários com o travesseiro muitas vezes são negligenciados, o que pode acarretar em diversas doenças que podem prejudicar a saúde. Assim, é essencial entender como lavar o travesseiro e como cuidar dele no dia a dia. Muitas doenças respiratórias, como a asma, podem ser causadas por diversos motivos, entre eles a falta de higienização do travesseiro.

4 informações importantes sobre a higiene do travesseiro

Travesseiro – Como fazer a higienização correta

1. A importância da fronha

Sem a fronha pode aumentar as chances de desgastar o travesseiro, além de diminuir as lavagens. A fronha pode ser reposta e facilmente lavada com frequência. O ideal é trocar a fronha duas vezes por semana. A fronha também evita o acúmulo de bactérias, ácaros e insetos que se alojam no colchão e no travesseiro expostos.

2. Evitar molhar o travesseiro

Muitos materiais de travesseiros não se dão muito bem com água e secagens de diversos tipos. A lavagem na máquina, por exemplo, pode danificar o formato e causar incômodos musculares na hora de dormir. Além disso, se não secarem bem, podem acumular fungos.

3. Mas, se lavar, secar muito bem

Pode ser que o seu travesseiro se torne um vetor para fungos. Preferir utilizar borrifadores de água e panos limpos em vez de colocá-lo diretamente na máquina. Se ainda assim preferir molhá-lo inteiramente, aperte-o bem para tirar toda a umidade e não exponha ao sol. Deixá-lo secando na sombra e em locais bem ventilados é o mais indicado.

4. Por que não expor ao sol?

Porque, mais uma vez, os travesseiros são propensos à proliferação de fungos e ácaros se não forem bem cuidados. Além disso, o tecido pode ficar amarelado com o tempo. Então, para saber como lavar o travesseiro, primeiro deve-se buscar o modo correto de lavar o seu tipo.