Terceira Idade – Como evitar problemas no inverno

Terceira Idade - Como evitar problemas no inverno

No frio, manter-se agasalhado e praticar exercícios são orientações dos médicos.
Alimentação precisa ter como base proteínas, frutas e verduras.

No inverno, as crianças e idosos são os que mais sofrem com as baixas temperaturas. Nesta época do ano, de acordo com os especialistas, eleva-se o número de problemas respiratórios, lesões e infartos. Porém, existem atitudes que podem facilitar a vida, especialmente, dos mais velhos, por causa do frio.

Prevenção

É de grande importância manter-se agasalhado, usar roupas quentes e estar em ambientes bem aquecidos. Todo esse cuidado visa evitar a perda de calor e diminuir o risco de hipotermia. As temperaturas baixas podem agravar a saúde do idoso, com aumento da pressão e de dores articulares. Além do mais, é importante tomar as vacinas disponíveis nas Unidades de Saúde, lavar bem as mãos e evitar contato com pessoas doentes. Outro aspecto relevante é a exposição ao sol, que incentiva a produção de Vitamina D.

Evitar ficar exposto ao frio e ao calor intensos. Com baixas temperaturas, as pessoas procuram lareiras, fogão a lenha e aquecedores. É necessário tomar cuidado com a emissão de monóxido de carbono. Certificar-se que local esteja aquecido e ventilado.

Exercícios mais indicados

As atividades físicas tem muita importância na terceira idade, e precisam continuar no tempo frio. Os exercícios resistidos, que são aqueles que exigem força muscular, devem ser praticados com maior frequência. O idoso tem perda de massa muscular e de força. Essa fragilidade leva à queda, que sempre é delicada para quem tem mais de 60 anos. Ainda para prevenir a queda, os idosos devem trabalhar os exercícios de equilíbrio.

Doentes crônicos têm mais complicações no frio

No inverno, os portadores de doenças crônicas podem ter o quadro agravado. As infecções virais e bacterianas, que são comuns neste período do ano, podem piorar a doença de base.

Alimentação

Como em qualquer idade, a alimentação saudável é indispensável. No caso dos idosos, é importante dar atenção na ingestão de proteínas, frutas e verduras. O idoso tende a consumir muito carboidrato, como açúcares, pães e massas, causando deficiência em relação a outros nutrientes. Este hábito pode levar a baixa imunidade.