8 sintomas de vermes e tratamentos caseiros

sintomas de vermes e tratamentos caseiros

Apesar de serem normalmente relacionados à infância, muitos adultos acabam passando por ocorrências de vermes ao longo da vida.

Sintomas mais comuns da presença de vermes

  1. Dores abdominais: a maioria das larvas dos vermes se aloja na região do intestino e sua atividade atrapalha o equilíbrio da flora intestinal, o que resulta em cólicas.
  2. Barriga inchada ou excesso de gases: o acúmulo de vermes na região do intestino deixa seu abdômen “estufado”. Isso não tem a ver com gordura abdominal, já que no caso de vermes o aspecto é de inchaço.
  3. Cansaço: vermes são parasitas e por isso irão se alimentar de nossos nutrientes. Quanto mais avançada for a contaminação, mais nutrientes perderemos e mais fracos ficaremos.
  4. Coceira no ânus: muitos vermes acabam se alojando perto do reto ou deixando suas larvas na região.
  5. Diarreia ou prisão de ventre: a maioria dos vermes acaba se hospeda nesta região. Isso deixa a flora intestinal instável.
  6. Pequenos pontos brancos nas fezes: esse é um dos sintomas de vermes mais comuns, o parasita costuma deixar suas larvas nas fezes do hospedeiro.
  7. Perda de peso repentina: os vermes acabam se alimentando dos nutrientes da pessoa.
  8. Alterações de apetite: dependendo do tipo de verme, o hospedeiro pode passar a ter muita ou pouca fome.

Tipos de vermes

O ser humano pode ser infectado por diversos parasitas, uns mais comuns como o tênia e a lombriga e outros menos, como o esquistossomo e a triquinela.

Tênia

A tênia pode ser um parasita benigno, como é na forma saginata. Esse parasita é imperceptível até partes dele aparecem nas fezes.  Podendo chegar a 6 metros de comprimento. Já a sua forma solium é famosa por causar cisticercose. Essa doença pode causar até a morte e comprometer o cérebro, os olhos e os músculos. Ela ocorre quando larvas da tênia são liberadas na corrente sanguínea e chegam a diferentes partes do corpo. Se não for tratada devidamente pode levar à morte.

Lombriga

Esse é o verme mais popular do mundo. Mais de 1,5 bilhões de pessoas já foram acometidas por esse mal. Apesar de ter um tratamento simples, a ascaridíase mata em torno de 60 mil pessoas no mundo, sendo a maioria crianças. Sua contaminação vem pela ingestão de verduras que não foram lavadas e tiveram contato com fezes infectadas.

Esquistossomo

Para a contração da esquistossomose, a pessoa deve ter contato com o caramujo que hospeda o verme. Ele pode ficar dentro do corpo da pessoa durante anos sem que ser percebido. Entre os principais problemas causados pela esquistossomose estão o inchaço de órgãos como fígado, bexiga, pulmões ou intestinos. Em casos mais graves chega a causar sangramentos no intestino e câncer na bexiga.

Outros vermes que costumam se instalar no ser humano, são: filária (responsável pela elefantíase e é transmitida via picada de mosquito), trichuris tricuria (que causa tricuríase e se instala no intestino grosso), ancylostoma duodenale (que causa a ancilostomose, doença que causa problemas respiratórios e intestinais), oxiúro (verme comum em crianças que causa grande coceira na região do ânus) e a triquinela (que causa uma infecção grave com febre, dores abdominais e, no pior cenário, até problemas cardiovasculares fatais).

Veja também: 5 tipos de anti-inflamatórios naturais

Remédios caseiros para vermes

Receitas que podem ser úteis na maioria dos casos de sintomas de vermes:

Leite com hortelã

O leite com hortelã é eficaz, principalmente quando se é tomado em jejum, devido a ação vermífuga da planta.

Ingredientes

– 4 talos e 10 folhas verdes de hortelã-pimenta
– 100 ml de leite desnatado
– 1 colher de mel

Modo de preparo
Coloque o leite e a hortelã para ferver num recipiente. Depois deixe a mistura esfriar e acrescente mel. O leite deve ser tomado morno, sempre uma hora antes do café da manhã e o processo deverá ser repetido uma semana depois.

 

Chá de arruda com sementes de mamão

Arruda é um excelente vermífugo e aliado às sementes de mamão se torna o tratamento ideal para os sintomas de vermes.

Ingredientes

1/2 colher de sementes de mamão
1 colher de folhas secas de arruda
1 xícara de água

Modo de preparo

Colocar todos os ingredientes numa panela e deixar ferver. Depois de coar, beber morno durante o dia.

Azeite de alho

O alho é excelente para o combate aos sintomas de vermes e a melhor forma de consumi-lo diariamente é misturá-lo ao azeite do dia a dia. Assim, além de ficar bem em diversos pratos, não perde suas propriedades vermífugas.

Ingredientes

– 500 ml  de azeite
– 3 dentes de alho

Modo de preparo

Reserve um recipiente com os 3 dentes de alho levemente amassados e coloque o azeite. Feche o recipiente e deixe reservado longe de umidade e calor durante 10 dias. Após esse período use normalmente em seus alimentos.

Chá de erva-doce

A erva-doce também é eficaz para vermes intestinais, sendo ótimo para complementar o tratamento iniciado.

Ingredientes

1 colher de sementes de erva-doce
1 xícara de água

Modo de preparo

Ferva a xícara de água e deixa as sementes de erva-doce repousar na água por 8 minutos. Coe e tome ainda morno.