Síndrome de Guillain Barré: causas, sintomas e tratamento

Síndrome de Guillain Barré: causas, sintomas e tratamento

O que é a Síndrome de Guillain Barré?

Síndrome de Guillain Barré: causas, sintomas e tratamento

Guillain Barré é uma síndrome de distúrbio autoimune, ou seja, o sistema imunológico do próprio corpo ataca parte do sistema nervoso, que são os nervos que ligam o cérebro com outras partes do corpo. Geralmente é provocada por um processo infeccioso anterior e manifesta fraqueza muscular, com diminuição ou ausência de reflexos. Várias infecções têm sido associadas à Síndrome de Guillain Barré, sendo a infecção por Campylobacter, que causa diarreia, a mais comum.

O que causa a Síndrome de Guillain Barré?

Além da infecção por Campylobacter, que causa diarreia, outras infecções encontradas na literatura cientifica podem desencadear essa doença incluem Zika, dengue, chikungunya, citomegalovírus, vírus Epstein-Barr, sarampo, vírus de influenza A, Mycoplasma pneumoniae, enterovirus D68, hepatite A, B, C, HIV, entre outras.

IMPORTANTE: O principal risco causado por esta síndrome é quando acontece o acometimento dos músculos respiratórios. Nesse último caso, a síndrome pode levar à morte, caso não sejam adotadas as medidas de suporte respiratório, tendo em vista que coração e pulmões param de funcionar.

Sintomas que podem estar relacionados à Síndrome de Guillain Barré

  • Sonolência.
  • Confusão mental.
  • Coma.
  • Crise epilética.
  • Alteração do nível de consciência.
  • Perda da coordenação muscular.
  • Visão dupla.
  • Fraqueza facial.
  • Tremores.
  • Redução ou perda do tono muscular.
  • Dormência, queimação ou coceira nos membros.

Em qualquer um desses casos, é de suma importância procurar um médico com urgência para avaliação. Aproximadamente 5% a 15% dos casos podem evoluir para óbito, geralmente resultante de insuficiência respiratória, pneumonia aspirativa, embolia pulmonar, arritmias cardíacas e sepse hospitalar.

Tratamento da Síndrome de Guillain Barré

O Sistema Único de Saúde (SUS) disponibiliza tratamento para a síndrome de Guillain Barré, incluindo procedimentos, diagnósticos clínicos, de reabilitação e medicamentos. A Guillain Barré é uma doença rara e não é de notificação compulsória. O Brasil tem 136 Centros Especializados em Reabilitação, que atendem pacientes com a Síndrome de Guillain Barré pela rede pública de saúde.