5 sinais físicos de falta de vitamina B12

5 sinais físicos de falta de vitamina B12

A vitamina B12 é importantíssima para o funcionamento de nosso organismo, por desempenhar um papel central no sistema nervoso, mantendo a cognição e prevenindo a degeneração das células. Como não produzimos essa vitamina e ela deve ser obrigatoriamente ingerida. Suas principais fontes são as carnes e os produtos de origem animal, como leite e ovos, assim como suplementos.

5 sinais da deficiência de B12 no organismo

5 sinais físicos de falta de vitamina B12
Alimentos onde encontramos a vitamina B12.

Fadiga


Um dos sintomas iniciais de deficiência de vitamina B12 é o cansaço anormal. Tudo porque, quando o suprimento de B12 está baixo, acaba-se não sendo capaz de produzir os glóbulos vermelhos necessários para fornecer oxigênio para todo o corpo. O resultado é a anemia, o que pode fazer se sentir excepcionalmente fraco.

Formigamento nas mãos e pés


Existe um longo trato nervoso correndo do nosso cérebro e ao longo da medula espinhal até mãos e pés. Conhecido como trato posterior, ele é revestido por uma substância branca chamada de mielina, que tem o papel de isolar e proteger os nervos, além de acelerar os impulsos nervosos, possibilitando que suas mãos e pés sintam o toque, por exemplo.
O cérebro necessita de B12 para produzir mielina. Então, ao ter pouco dessa vitamina essencial, a mielina se destrói e os impulsos nervosos não podem viajar tão rápido. O que acaba resultando em sensações de formigamentos nas mãos e nos pés.

Pouco equilíbrio


Uma quebra de mielina também pode afetar a propriocepção, termo utilizado para nomear a capacidade em reconhecer a localização espacial do corpo, sua posição e orientação, tudo sem utilizar a visão. Sem ela, a tendência é cairmos no chão

Confusão


Essa substância branca protetora, conhecida como mielina, cobre as células nervosas em seu cérebro, o que pode deixar você se sentindo mais esquisito do que o habitual caso se deteriorem.

Depressão


A vitaminaB12 desempenha um papel fundamental na função cerebral e na produção de mielina. Em algumas pessoas, uma quebra na produção de mielina se apresenta como depressão.