Sinais de falta de colágeno no organismo

Sinais de falta de colágeno no organismo

Tipos de Colágeno

O que poucos sabem é que existem cerca de 16 tipos diferentes de colágeno no corpo humano. Estes incluem os tipos de colágeno 1, 2, 3, 5 e 10. No entanto, a grande maioria do colágeno – entre 80 e 90 por cento – é composto de tipos 1, 2 e 3.

  • Tipo 1: Este é o mais abundante e considerado o mais forte encontrado no corpo humano. É composto por fibras que formam partes do corpo, incluindo tendões, ligamentos, órgãos e pele. É importante para a cicatrização de feridas, dando à pele a sua qualidade elástica e ‘segurando’ o tecido para não rasgar.
  • Tipo 2: Ajuda a construir a cartilagem, que é encontrada nos tecidos conjuntivos. A saúde das articulações depende da cartilagem feita de tipo 2, que é benéfico para prevenir a dor articular ou os vários sintomas da artrite.
  • Tipo 3: É geralmente encontrado com o tipo 1 e ajuda a dar à pele elasticidade e firmeza. Também forma vasos sanguíneos e tecidos do coração. Por estas razões, a deficiência de tipo 3 tem sido associada a um maior risco de ruptura dos vasos sanguíneos e até mesmo morte precoce, de acordo com os resultados de estudos em animais.
  • Tipo 5: Este tipo é necessário para a superfície das células, bem como fios de cabelo e tecidos encontrados na placenta.
  • Tipo 10: Ajuda com nova formação óssea sendo benéfico para fratura óssea e cura e reparação de articulações sinoviais.

QUAIS OS SINAIS DA FALTA DE COLÁGENO?

A produção começa a diminuir à medida que envelhecemos. É por isso que apresentamos sinais de envelhecimento, como rugas, flacidez da pele e dores articulares devido à cartilagem mais fraca. Outros fatores no estilo de vida – como comer uma dieta rica em açúcar, fumar e altas quantidades de exposição ao sol – também contribuem para o esgotamento dos níveis da substância.

QUAIS AS FONTES?

Um dos primeiros alimentos usados como tratamento médico na China antiga, a gelatina é ótima para pessoas com alergias ou sensibilidade alimentos e ainda ajuda o corpo a digeri-los.

A substância em pó é mais fácil de digerir e uma vantagem é que ele facilmente mistura na maioria das bebidas quentes e frias.

Outro bom exemplo de como isso funciona: os ossos de galinha, por exemplo, são carregados de colágeno do tipo 2, que é melhor para cartilagem, e quando sofrem o processo de cozimento, em um ou dois dias, o colágeno lentamente se decompõe em gelatina.

Sinais de falta de colágeno no organismo

  • Na carne de boi: O colágeno bovino é composto de principalmente tipos 1 e 3 de colágeno, e, portanto, útil para a construção muscular e também ajudar o corpo a fazer seu próprio colágeno.
  • De peixe: Verificou-se que o colágeno oriundo de peixes é facilmente absorvido e é fonte do colágeno tipo 1, com os benefícios para a pele, os órgãos vitais, os vasos sanguíneos, a digestão e os ossos.