Sal amargo – Um velho conhecido com muitos benefícios

Sal amargo – Um velho conhecido com muitos benefícios

O sal amargo ou sulfato de magnésio, ou ainda, sal de Epsom é um composto mineral que ajuda a perder peso, a limpar o corpo, e a melhorar a aparência da pele, além de proporcionar  diversos outros benefícios para a saúde. Este, portanto, não é um sal comum, é chamado de sal porque externamente, tem aparência de sal, e amargo porque tem um sabor amargo e inodoro, também não tem cheiro, e possui pH neutro.

Benefícios do sal amargo

Sal amargo – Um velho conhecido com muitos benefícios

Fornece magnésio

O magnésio é o quarto mineral mais abundante no corpo, sendo o primeiro o cálcio. Está envolvido em mais de 325 reações bioquímicas que beneficiam seu coração e sistema nervoso.

Melhora a qualidade do sono

Níveis adequados de magnésio são essenciais para manter o sono regulado, porque o magnésio ajuda o corpo a produzir melatonina, um hormônio que promove o sono. Baixos níveis de magnésio podem afetar negativamente a qualidade do sono.

Reduz o estresse

O magnésio ativa neurotransmissores que reduzem os níveis de cortisol, reduzindo o estresse de forma significativa. Além disso, o estresse está muito ligado à falta de sono ou noites mal dormidas, e o magnésio regula o sono e melhora a qualidade dele, como mencionado anteriormente.  

Melhora a pele

A presença de magnésio e enxofre possui um efeito rejuvenescedor, e efeito antibacteriano na pele, melhorando o aspecto e a elasticidade, e também, eliminando cravos e espinhas. A maneira mais eficaz de obter estes  efeitos desejados é tomar banho com o sal amargo, é simples, rápido e acessível. Após este procedimento, a pele fica macia e sedosa.

Fortalece unhas e cabelos

O enxofre presente na composição do sal amargo, ajuda a tornar o cabelo e as unhas cada vez mais fortes, funcionando como “sal da beleza”

Elimina toxinas

Metais pesados ​​entram no corpo humano junto com água, comida e ar, o enxofre ajuda a ligá-los e removê-los, além disso, participa da produção de metalotioneína e glutationa, que removem moléculas de metais tóxicos. E o magnésio, também presente no sal amargo, absorve essas toxinas, tornando solúvel esses agentes nocivos ao corpo, fazendo com que sejam facilmente removidos.

Ajuda com constipação

O magnésio é frequentemente usado para tratar a constipação. Essa característica decorre do fato de que o magnésio atrai água para o cólon, o que promove movimentos intestinais.

Os adultos são geralmente aconselhados a tomar 2-6 colheres de chá (10-30 gramas) de sal amargo dissolvidos em 250 ml de água e consumidos imediatamente. O efeito laxante pode variar entre 30 minutos a 6 horas.

Você também deve saber que o consumo de sal Epsom pode produzir efeitos colaterais desagradáveis, como inchaço e fezes líquidas

Deve ser usado apenas ocasionalmente como laxante, não para uso contínuo.

Alivia dores musculares

O sal amargo pode reduzir a dor muscular e aliviar cãibras – ambos fatores importantes para o desempenho do exercício e recuperação. Aliás, é muito indicado para os atletas e qualquer praticante de atividades físicas, pois são propensos a baixos níveis de magnésio, por isso os profissionais de saúde recomendam frequentemente que tomem suplementos de magnésio para garantir níveis ideais, pois de fato, os níveis adequados de magnésio são úteis para o exercício porque ele ajuda o corpo a utilizar glicose e ácido lático

Redução de dores nas articulações

Outra alegação comum é que o sal amargo  ajuda a reduzir dores do corpo em geral, e nas articulações, inclusive,  melhorando os sintomas da fibromialgia e artrite .

Novamente, o magnésio é considerado responsável por esses efeitos, uma vez que muitas pessoas com fibromialgia e artrite possui taxas muito baixas de magnésio no corpo.

Um estudo em 15 mulheres com fibromialgia concluiu que a aplicação de cloreto de magnésio na pele pode ser benéfica para reduzir os sintomas