Romã – 10 benefícios importantes para o organismo

Romã – 10 benefícios importantes para o organismo

A romã chegou ao Brasil através dos portugueses e foi adotada popularmente no tratamento da diarreia e inflamações na garganta. Com o passar dos anos, uma nova gama de benefícios da romã passou a ser conhecida através de novos estudos, confirmando as qualidades já apontadas por cientistas internacionais.

Informações Nutricionais da Romã

Em 1 unidade:

  • Energia: 105 calorias
  • Carboidratos: 26,4
  • Proteínas: 1,5g
  • Gordura: 0,5 g
  • Fibras: 0,9 g
  • Potássio: 399 mg
Em 100 g:

  • Energia: 68 calorias
  • Carboidratos: 17,2
  • Proteínas: 1 g
  • Gordura: 0,3 g
  • Fibras: 0,6 g
  • Potássio: 259 mg

Romã – 10 benefícios importantes para o organismo

10 Maiores benefícios da romã

1 – Diminuição da pressão arterial

O consumo de 150 ml de suco de romã diariamente pode reduzir a pressão sanguínea sensivelmente em apenas duas semanas de uso por causa das sua capacidade de afinar o sangue.

2- Melhora em pacientes renais

A concentração de potássio encontrada no suco de romã reduz muitas das complicações advindas das hemodiálises em pacientes renais, resultando na redução da taxa de mortalidade desses pacientes.

3- Ação anti-inflamatória

A romã possui antioxidantes chamados punicalagins. Eles são encontrados na semente e na casca do fruto e são os responsáveis por sua ação anti-inflamatória no nosso organismo.

4 – Ajuda no tratamento do câncer de próstata e mama

Pesquisas demostraram que a romã pode interferir na ocorrência e desenvolvimento de tumores em diversas etapas: no processo inflamatório, angiogênese, apoptose e proliferação e invasão celular.

5- Proteção contra a placa bacteriana e a gengivite

A romã pode ser usada contra doenças da gengiva e contra a formação da placa bacteriana devido às suas propriedades antibacteriana e antiviral. Incluindo periodontites, gengivites, estomatites, assim como infecções e inflamações na boca.

6- Ajuda no tratamento da diarreia, disenteria e proteção da mucosa gástrica

O seu efeito antidiarreico e na disenteria se deve aos taninos, substâncias que dão o sabor amargo da casca. Eles aumentam a reabsorção de água e cloreto de sódio, reduzem a secreção mucosa, e inibem da prostaglandina (substância que causa um aumento dos movimentos intestinais e que pode diminuir a consistência das fezes e aumentar o número de evacuações), liberada na mucosa intestinal.

Já em relação ao estômago, o efeito antioxidante característicos dos polifenóis, presentes no suco e, principalmente, na casca da romã, aceleram o processo de cicatrização da mucosa gástrica, além de inibir o crescimento microbiano.

7- Para infecção de garganta

Tanto o chá da romã quanto a infusão podem ser utilizados no tratamento das irritações da garganta. Devido à presença de antioxidantes e, principalmente dos adstringentes – substancia que causam a contração do tecido minimizando tanto o inchaço quanto a dor da garganta, a romã é eficaz nestes casos.

8- Ajuda a manter bons níveis de colesterol

Estudos também já mostraram que o consumo a romã bloqueia a produção de triglicérides, ou seja, ela ataca a gordura antes mesmo que ela se instale no corpo.

9- Potencializa a performance na prática de exercícios

Os nitratos presentes na romã podem aumentar a circulação de sangue nos músculos. Isto acontece porque, durante a prática de exercícios – quando existe uma demanda muito grande por oxigênio e transporte de nutrientes, gás carbônico e calor nos músculos trabalhados, parte dos nitratos ingeridos é convertida em nitritos, ou seja, substancia vasos dilatadores que aumentam o volume de sangue bombeado aos músculos.

10- Um superalimento para a pele e os cabelos

Tomar suco de romã pode trazer muitos benefícios para a saúde da sua pele e cabelos. Ela é uma das poucas frutas que oferece no suco os mesmos benefícios nutricionais da fruta in natura. Isto se deve ao fato de que é na casca que está a maior concentração de antioxidantes, e eles não são desperdiçados ao se fazer o suco.