Rejeição ao glúten

Rejeição ao glúten

Alimentos com glúten devem ser evitados por pessoas celíacas. A doença é uma reação alérgica à substância que pode causar uma inflamação do intestino, pela má absorção do elemento.

Mas mesmo para quem convive com essa realidade diariamente, ainda é difícil saber quais alimentos contêm ou não. Até porque, mesmo conhecendo os alimentos puros, no processo de produção de um produto, pode haver uma contaminação pela presença de outros ingredientes.

Rejeição ao glúten

A enteropatia sensível ao glúten ou doença celíaca é uma condição crônica e autoimune. Resumindo, é uma reação do sistema imunológico, que é responsável pela proteção do organismo, ao ingrediente nos alimentos.

O problema acontece quando as partículas não digeridas de proteínas do glúten atravessam a parede intestinal e o sistema imunológico reage, agredindo as células da camada superficial do intestino delgado. Como o corpo tenta retirar as partículas, acaba inflamando essa parte do intestino.

Se isso acontece com frequência, as vilosidades do intestino (saliências que absorvem os nutrientes dos alimentos) são destruídas, o que leva a pessoa celíaca à desnutrição por má absorção de nutrientes, sais minerais e água.

Veja também:

Lista de alimentos que contêm glúten

Rejeição ao glúten

Formas de substituição dos alimentos

Como se pode perceber, a maioria dos alimentos mais presentes nas prateleiras de supermercado contém algum ingrediente com glúten.

A adaptação para uma dieta  pode ser mais difícil, mas a grande quantidade de pessoas com o mesmo problema tem feito com que o mercado ofereça cada vez mais produtos sem glúten, para que os celíacos possam levar uma vida normal, com uma alimentação que não dependa apenas de frutas e vegetais.

Maior vilão

O ingrediente mais comum que precisa ser eliminado da dieta é a farinha de trigo, que é usada na preparação de massas, pães, biscoitos, bolos e mais uma grande lista de alimentos do dia a dia.

Uma opção para os celíacos são os alimentos onde o trigo é substituído por outras farinhas ou cereais, produzindo alimentos que são livres de glúten. Alguns desses são: pães e bolos com farinha de mandioca, pães de batata, biscoitos de arroz, macarrão de arroz, macarrão de milho, etc.

Outros ingredientes que podem ser usados no lugar do trigo são o fubá, o polvilho doce ou azedo, fécula de batata, arroz, mandioca, farinha de arroz, de amêndoa ou de milho. Aliás, a batata e a mandioca são dois ingredientes seguros que podem substituir o trigo em vários pratos. Para melhorar, existe uma quantidade incrível de receitas com esses tubérculos.