Problemas de pele mais comuns no verão

Problemas de pele mais comuns no verão

Durante o verão é comum usar pouca roupa e expor a pele ao sol, mar, areia, piscinas públicas e a substâncias nocivas, e este contato pode gerar uma doença de pele.

Principais problemas de pele no verão

Problemas de pele mais comuns no verão

Queimadura de sol

A pele exposta ao sol fica vermelha e sensível ao toque, o que indica que a pele foi danificada e encontra-se queimada pelos raios solares. Pessoas que possuem a pele clara são as que ficam mais expostas e sofrem com as queimaduras.

Como tratar: Os sintomas podem ser aliviados com o uso de compressas de água fria, analgésicos e loções corporais como o Caladryl, por exemplo.

Cravos e espinhas

A exposição ao sol e o calor dos dias de verão tendem a aumentar a oleosidade da pele, favorecendo o aparecimento de cravos e espinhas.

Como tratar: Aconselha-se o uso de filtro solar próprio para o rosto, porque geralmente não são oleosos. Lavar o rosto com sabonete e usar loções próprias para acne também ajudam a controlar estes sintomas e deixar o rosto livre de cravos e espinhas.

Micose de praia

A micose de praia é causada pela Malassezia furfur, presente naturalmente na pele humana, que ocorre, principalmente, em pessoas com predisposição genética, aparecendo com maior frequência no verão, devido ao calor, umidade e maior oleosidade.

Como tratar: O dermatologista poderá indicar o uso de cremes ou loções que devem ser aplicadas diariamente até a completa eliminação das manchas.

Bicho geográfico

O bicho geográfico é uma larva que penetra na pele, causando coceira e vermelhidão. A larva cresce aos poucos, porém, por onde ela passa deixa um rastro visível e intensa coceira. Normalmente ela é naturalmente eliminada do organismo em cerca de 8 semanas, mas devido aos seus sintomas, é importante ir ao médico após observar a sua presença.

Como tratar: O médico poderá receitar a toma de um remédio para vermes, como Albendazol, que é eficaz na sua eliminação, além de uma pomada que deve ser aplicada no local afetado, para aliviar a coceira.

Brotoeja

A brotoeja é mais comum em bebês e crianças nos dias muito quentes, quando a pele fica úmida devido ao suor. As áreas mais afetadas são o pescoço, nuca, peito, barriga e costas e as dobrinhas dos joelhos e cotovelo.

Como tratar: A brotoeja não precisa de tratamento específico, mas pode ser evitada ao usar roupas frescas e evitar locais muito quentes e úmidos.