Por que e como fazer um Seguro de vida

Por que e como fazer um Seguro de vida

Há diversos tipos de coberturas de seguro de vida. Mas mesmo com tantas opções de proteção que esse seguro oferece, será que o seguro de vida vale a pena? Um seguro de vida tem a principal função de proteger o segurado ou quem ele ama, contra instabilidade financeira. Isso acontece porque em diversas situações, o segurado e seus dependentes poderão ser indenizados.

Coberturas de seguro

Por que e como fazer um Seguro de vida

Morte acidental ou natural

Esta é a cobertura mais conhecida do seguro de vida, porém não é a única. Com ela, os beneficiários recebem o valor estipulado na apólice no caso de morte do segurado.

Assistência funeral individual ou familiar – Muitas vezes, o funeral de um familiar pode causar a instabilidade financeira. Com essa cobertura, o segurado recebe indenização para o pagamento das despesas funerárias, tanto para o seu próprio ou de cônjuges e filhos menores de 18 anos.

Invalidez permanente total ou parcial por acidente

Contratando essa proteção, o segurado recebe indenização no caso de redução ou perda definitiva da função de algum órgão ou membro de forma total ou parcial.

Doenças graves – Com essa proteção, o segurado garante indenização no caso de doença grave coberta para realizar o tratamento. Entre as doenças cobertas estão o câncer e o acidente vascular encefálico.

Cobertura de despesas médicas

Com essa cobertura na apólice, se garante o reembolso dos valores gastos com despesas odontológicas e médico-hospitalares causadas por acidentes cobertos.

Diária por incapacidade temporária

Essa cobertura é indicada para pessoas que trabalham por conta própria. Por receberem de acordo com o quanto trabalham, um acidente que impeça de realizar as atividades pode causar instabilidade financeira. Para evitar isso, essa cobertura garante indenização das diárias em situações que precise de afastamento temporário do emprego devido a acidentes previstos na apólice.