Plano de Saúde – Os maiores do Sudeste do País

Plano de Saúde – Os maiores do Sudeste do País

Escolher a empresa é o primeiro passo para comprar o plano de saúde que você gostaria de ter. Nesta região, as opções são muitas: Amil, Unimed de Campinas, Bradesco, Sul América…  qual seria a melhor decisão para o sudeste do país?

Como as operadoras mudam a qualidade conforme a região, organizamos um ranking com as 10 maiores operadoras da região Sudeste. É importante pesquisar as principais empresas, pois elas oferecem uma rede de atendimento maior na região.

As informações a seguir foram fornecidas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Ela é responsável pela regulamentação dos planos de saúde, a ANS sabe dizer a quantidade de reclamações que cada operadora recebeu e quanto clientes elas têm.

As 10 maiores operadoras da região Sudeste

Este ranking mostra as principais empresas que oferecem planos de saúde no Sudeste do Brasil. Aqui listamos as operadoras conforme a nota que cada uma recebeu, começando pela que tem a melhor avaliação de acordo com a ANS – Agência Nacional de Saúde Suplementar.

Posição por nota da ANS Operadora Média da nota da ANS em 2015 Reclamações solucionadas no Reclame Aqui Número de clientes na região Sudeste
1 Unimed BH 9,54 86,4% 1.493.161
2 Amil Assistência Médica Internacional 8,90 70% 5.625.210
3 Unimed Campinas 8,38 55,8% 569.840
4 Golden Cross 8,27 75% Não informado
5 SulAmérica 8,12 78,6% 2.174.391
6 Intermédica Sistema de Saúde 7,58 82,5% 3.507.258
7 Bradesco Saúde 6,80 79,7% 3.535.319
8 Central Nacional Unimed 6,55 59,8% 1.499.174
9 Unimed Rio Não informado 68,8% 706.303
10 Dix Amico Saúde Não informado 70% Não informado

Conheça os seus direitos

Além de decidir qual operadora, você irá escolher o tipo do plano de saúde. Importante: as opções com preços mais elevados têm uma cobertura maior de exames, laboratórios e hospitais. Mas existe uma cobertura básica que é exigida em todos os planos.

Não deixe de pesquisar os planos menores de cada região, pois se for boa a rede de atendimento, eles tem a tendência de terem preços mais acessíveis. Estes planos mais locais costumam ser organizados por associações, Grêmios e ONG’s beneficentes.