Olhos – Principais alterações com a chegada da terceira idade

Olhos – Principais alterações com a chegada da terceira idade

Com a chegada da terceira idade, muitas mudanças começam a acontecer no nosso corpo. De maneira geral, começamos e experimentar muitas transformações com o envelhecimento, porém, os distúrbios, e não o envelhecimento, normalmente é que são os responsáveis pela maior perda de funções. Com nossos olhos não é diferente.

Pequenos cuidados, grandes benefícios

Olhos – Principais alterações com a chegada da terceira idade

Cuidados com a alimentação, utilização de óculos adequados, atividades físicas e visitas regulares ao médico podem ser o caminho para uma vida normal, sem perda de qualidade.

Pequenas adaptações aos hábitos do cotidiano como aumentar a iluminação dos ambientes farão bastante diferença na adaptação ao novo momento.

Olhos – Principais mudanças normais, com o envelhecimento

  • O cristalino se enrijece e enfocar objetos próximos passa a ser mais difícil.
  • O cristalino se torna mais denso, enxergar com luz clara brilhante seja mais difícil.
  • A pupila reage mais lentamente às mudanças na luz.
  • O cristalino amarela, alterando o modo como as cores são percebidas.
  • O número de células nervosas diminui, comprometendo a percepção de profundidade.
  • Eles produzem menos líquido, fazendo-os parecer secos.

Uma mudança na visão é frequentemente o primeiro sinal inegável do envelhecimento.

A aparência dos olhos muda de várias maneiras

Olhos – Principais alterações com a chegada da terceira idade

Veja também:

Os olhos na terceira idade

  • O branco (esclera) dos olhos pode se tornar um pouco mais amarelo ou marrom. Esta mudança é resultado de muitos anos de exposição à luz ultravioleta, ao vento e à poeira.
  • Manchas aleatórias de cor podem aparecer no branco dos olhos, especialmente em pessoas com cútis escura.
  • Um anel branco cinzento (urcas senilis) pode surgir na superfície do olho. Este anel é feito de cálcio e sais de colesterol. Não afetando a visão.
  • A pálpebra inferior pode se separar do globo ocular porque os músculos em volta do olho enfraquecem e os tendões se distendem. Este quadro clínico (chamado ectrópio) pode afetar a lubrificação do globo ocular e contribuir para secar os olhos.
  • O olho pode parecer afundar-se na cabeça porque a quantidade de gordura em volta dos olhos diminui.