4 consequências da Obesidade na Terceira Idade

4 consequências da Obesidade na Terceira Idade

A obesidade na terceira idade é uma das principais preocupações. Nessa idade há uma tendência de deixar lado as preocupações com a estética e o cuidado com o corpo. A chegada de uma idade mais avançada pode fazer surgir ou agravar diversos problemas relacionados à saúde, como o colesterol ruim, o diabetes e a aterosclerose. Isso tudo, somado ao excesso de peso, pode se transformar numa verdadeira bomba para a saúde.

Os exercícios físicos precisam estar presentes na rotina dos idosos, mas sempre com orientação de um profissional, que vai indicar o tipo e a frequência mais adequados.

Complicações que a obesidade pode causar

4 consequências da Obesidade na Terceira Idade

Veja também:

Obesidade aumenta risco de Alzheimer – Diz estudo

  1. Derrame: o excesso de gordura no organismo e o consequente entupimento das artérias pelo acúmulo de colesterol ruim na corrente sanguínea aumentam o risco de acidente vascular cerebral (AVC). Para prevenir: pratique atividades físicas constantes, não fume e controle a pressão arterial e o colesterol.

 

  1. Doenças cardiovasculares: na terceira idade o coração fica mais fraco e a obesidade pode aumentar os riscos de infarto, insuficiência respiratória e angina. Para prevenir: consuma alimentos saudáveis, controle os níveis de colesterol e a diabetes, pratique exercícios físicos regularmente e evite cigarro e bebidas alcoólicas.

 

  1. Diabetes: o tipo 2 dessa doença é causado essencialmente pelo ganho descontrolado de peso. Para prevenir: consuma alimentos naturais e pouco calóricos, pratique exercícios físicos ao menos três vezes por semana, durante 30 minutos, e controle as taxas de açúcar no sangue.

 

  1. Osteartrose: ela causa dores agudas nas juntas dos joelhos e tornozelos, podendo ainda comprometer a coluna. Para prevenir que apareça junto com a obesidade na terceira idade: controle o peso através com exercícios físicos e consuma alimentos saudáveis, como verduras, legumes, frutas, grãos e cereais.

Seguir as orientações médicas com relação à alimentação também será de grande valia no que diz respeito a evitar estes males.