O que muda na Higiene bucal na terceira idade

O que muda na Higiene bucal na terceira idade

Alguns cuidados maiores com a saúde bucal passam a ser necessários quando chega a terceira idade. As consultas ao odonto geriatra devem começar aos 60 anos, para que esse profissional oriente sobre as precauções necessárias e previna contra possíveis problemas.

Como deve ser a higiene bucal nessa fase?

O que muda na Higiene bucal na terceira idade

A higiene bucal na terceira idade deve ser feita com escova e fio dental. Para isso, é preciso escolher a escova dental ideal para os seus dentes, com cabeça arredondada e cerdas macias, e um bom creme dental com flúor. Na hora de escovar, a boca pode ser dividida em quatro partes, e cada uma delas deve ser limpa por aproximadamente 30 segundos, com movimentos de vai e vem.

Para prótese: realizar a limpeza adequada

A higiene da prótese deve ser feita com ela fora da boca. Existem no mercado opções de materiais que ajudam, mas ela pode ser feita com a pasta de dente comum.

O enxaguante: um grande aliado

Em alguns casos a habilidade motora pode ficar um pouco prejudicada. Segundo profissionais, devemos levar em conta essa diminuição da destreza manual com o tempo. Isso leva a dificuldade na higienização. Nos casos de pessoa acamada por algum motivo, ou que apresenta problemas periodontais recorrentes, como a gengivite e a perda óssea, é indicado o uso do enxaguante bucal para complementar a limpeza da boca. Outro item que pode ajudar nessa fase é a escova de dente elétrica. Ela precisa de menos esforço para ser manuseada, uma vez que já realiza a maior parte dos movimentos. Além disso, com seu uso, o processo se torna mais rápido, sem deixar de ser igualmente eficiente.