Mitos e verdades sobre a prática de exercícios físicos

Mitos e verdades sobre a prática de exercícios físicos

Existe uma grande quantidade de informações de conhecimento popular a respeito dos exercícios físicos, mas muitas delas não condizem com a verdade.

Mitos e verdades sobre os exercícios físicos

Mitos e verdades sobre a prática de exercícios físicos

Veja também:

4 dicas para vencer a dificuldade de praticar exercícios

Abdominais exterminam a gordura abdominal.

Mito. Esse tipo de exercício trabalha os músculos da região fortalecendo-os e tornando-os definidos. Porém, só quem dará conta de eliminar a gordura do corpo são os exercícios físicos aeróbicos, como a corrida, caminhada, futebol e dança.

Musculação emagrece.

Mito. Os exercícios aeróbicos são os responsáveis por queimar as gorduras. Mas, investir alguns minutos em um treino de resistência de força – realizado com cargas leves e muitas repetições – diminui o percentual de gordura no tecido adiposo e estimula o metabolismo basal, que contribui para  que o organismo permaneça em constante queima.

A queima de calorias só começa a partir do 20º minuto de exercício.

Mito. Se você corre por dez minutos, queimará a quantidade de calorias correspondentes ao tempo de exercício praticado. Sempre serão necessários os carboidratos e as gorduras, na atividade muscular, as gorduras são queimadas em maior proporção depois de algum tempo de atividade. Qualquer atividade física gasta calorias, para emagrecer, este gasto precisa ser grande.

Você só emagrece se malhar cinco vezes por semana.

Verdade. De acordo com um estudo realizado pelo American College of Sports Medicine, o ideal é que, ao longo da semana, você pratique cinco dias de exercícios e descanse dois, intercalando os dias de prática e descanso. Este intervalo entre os dias de prática é essencial para que as micro lesões ocasionadas pelos treinos de força se recuperem.

Quanto mais suor, mais emagrecimento.

Mito. Suor não é sinônimo de queima de gordura. Quando a temperatura interna do corpo ultrapassa os 37 graus, o suor age como um mecanismo de refrigeração. O processo de transpiração para esfria o corpo.

Malhar em jejum emagrece.

Mito. Ao acordar, a pessoa está cerca de oito horas sem comer e com a taxa de glicose bem baixa no sangue. Sem carboidratos estocados, o corpo opta por queimar a massa muscular. Praticar exercícios sem se alimentar, faz com que a pessoa queime massa muscular sem perder gordura. E isso pode até fazê-la desmaiar. Antes de malhar, é importante comer uma fonte de carboidrato leve: pão, suco, fruta. Espere cerca de duas horas e faça uma refeição mais completa, para repor o que foi perdido durante a malhação.

Sentir dor depois do exercício é sinal de que está funcionando.

Mito. É normal sentir dores após os primeiros dias de treino. Mas se elas continuarem a aparecer mesmo com o condicionamento físico, pode ser sinal de que você está pegando muito pesado

É melhor fazer nada que ser atleta de final de semana.

Mito. Apesar do atleta de final de semana estar mais propensos a sofrer lesões ou até mesmo um ataque cardíaco por conta da falta de condicionamento físico, é possível praticar exercício durante os dias de folga sim, desde que haja cuidado.

Músculos são mais pesados que gordura.

Verdade. Os músculos de fato pesam mais que gordura. Tanto é assim que algumas pessoas veem os ponteiros da balança subirem mesmo quando investem na malhação. Por isso, além de ficar atento ao seu peso, olhe também para seu condicionamento físico.

Pilates emagrece.

Quase mito. O principal objetivo do Pilates não é perder peso, mas sim proporcionar consciência corporal, postura e respiração. O trabalho cardiovascular é baixo, mas os exercícios praticados durante uma aula podem tonificar e contribuir para que a gordura corporal seja trocada por massa magra.

Natação é o exercício mais completo.

Mito. Apesar de muita gente achar que os exercícios sob a água sejam os mais eficientes para alcançar a boa forma, uma pesquisa conduzida na Universidade de Hertfordshire, no Reino Unido, comparou a natação e o balé clássico. E concluiu que os dançarinos têm melhor condicionamento físico, força muscular, coordenação, equilíbrio.

Malhar 30 minutos por dia emagrece.

Quase verdade. Além de queimar calorias por meia hora, é preciso lembrar que é importante ter uma alimentação balanceada.

Para a malhação fazer efeito, preciso sempre trocar de treino.

Mito. Se você pratica uma série de exercícios criada com um objetivo claro, você não precisa mudá-la para que ela continue fazendo efeito. O que muda é que com o condicionamento físico adquirido, talvez a pessoa queira variar os exercícios físicos ou torná-los mais pesados.

Quem malha precisa ingerir suplementos alimentares.

Mito. Nem todos precisam ingerir suplementos alimentares. Algumas pessoas conseguem repor o que foi perdido ao longo da malhação através dos alimentos. E quem consome esses suplementos sem a real necessidade, corre o risco de ver a balança marcando alguns quilos a mais.

Quem malha pela manhã tem melhores resultados.

Mito. Cada pessoa deve procurar o horário que se sente mais confortável para praticar exercícios físicos. Cada período tem suas vantagens e desvantagens e você deve avaliar quando se sente mais disposto.