18 maneiras de se preparar café ao redor do mundo

Os benefícios de beber café todos os dias

O café é uma das bebidas mais famosas no mundo. Existem vários tipos de café e formas de se preparar que podem se diferenciar pelo sabor, aroma, coloração, entre vários outros aspectos.

Os principais tipos de café

1.Expresso tradicional

Este é uma das maneiras pela qual a bebida vem sendo mais consumida em todo o mundo, inclusive no Brasil. Também é uma das maneiras mais puras de se preparar. Para ser considerado um expresso, deve ter 35 ml. Não inclui leite ou água, e a espuma formada é do próprio grão moído.

2.Expresso brasileiro

O expresso normalmente consumido no Brasil é ligeiramente diferente e tem cerca de 40 a 50 ml de volume, levando na sua preparação mais café do que o tradicional. É mais comum de ser servido por aqui, pois os brasileiros valorizam mais a quantidade da bebida.

3.Expresso italiano

Parecido com o expresso tradicional, a variante italiana está justamente na utilização de um blend que é a mistura feita com diferentes tipos de grão. O expresso italiano apresenta uma junção entre o robusta e o arábica, tornando-se mais cremoso.

Veja também:

Café expresso ou coado: Qual tem mais cafeína?

4.americano

Semelhante ao expresso, o americano inclui, ao final, água quente à mistura. Por ser apenas água, o americano tem uma “força” similar à do expresso, mas apresenta um sabor levemente diferente. O quão forte um americano pode ser varia de acordo com a proporção entre café e água, evidentemente.

5.Macchiatto

O macchiatto é uma variação do expresso com adição de uma pequena quantidade de espuma de um leite típico da Itália, conferindo um pouco de sabor a essa bebida. Em italiano, macchiatto significa “manchado”, e a bebida leva esse nome justamente pelo efeito da espuma no expresso.

6.Expresso panna

Também presente na cultura italiana, consiste na mistura entre o expresso tradicional e a panna, que é o creme de leite fresco batido. No Brasil, utiliza-se o chantilly como alternativa.

7.expresso duplo

Assim como qualquer variação, nada mais é do que a quantidade dobrada do expresso tradicional. Nesse caso, o duplo tem entre 60 e 70 ml de café.

8.latte

O latte também é conhecido no Brasil como “café cortado” ou “média”. Consiste em leite vaporizado cortado pelo café expresso. Normalmente apresenta mais leite e espuma.

9.Com leite

Também comum no Brasil, o café com leite nada mais é do que uma mistura entre leite morno ou fervido com o café coado, que é bastante tradicional para o consumo doméstico.

10.Cappuccino tradicional (italiano)

O cappuccino tradicional, feito na Itália, não leva nada além de café e leite, sendo que esse segundo ingrediente é vaporizado em uma máquina própria para isso.. Em alguns casos, pode levar um pouco de chocolate em pó por cima da espuma do leite.

11.Cappuccino

Mundialmente comercializado apresenta algumas variações em relação à versão tradicional, italiana. Nesse caso, são usadas em sua mistura porções iguais de expresso, leite vaporizado e espuma de leite ou chantilly. Ainda pode levar em sua receita outros ingredientes, como açúcar, canela ou chocolate em pó.

  1. breve

Essa variação é muito presente no mercado norte-americano. Nada mais é do que um expresso servido com um creme chamado de half-and-half (ou metade/metade), composto por uma mistura de leite e creme de leite. Não existe no mercado brasileiro, pois o creme de leite é de um tipo especial, que não é vendido no país.

13.mocha

O mocha é uma variação mais elaborada do famoso café com leite. É feito com um terço de café expresso, dois terços de leite vaporizado e calda de chocolate. Também pode levar, espuma de leite e um pouco de chocolate ralado. Em alguns lugares, pode ser encontrado pelo nome de mocaccino.

14.Irlandês

Essa receita consiste na fusão do café com o tradicional uísque irlandês. O resultado é coberto por uma camada de chantilly ou creme de leite.

15.Pingado

Muito encontrado nos bares e padarias do Brasil, o pingado nada mais é do que um coado com leite que tem em suas proporções mais café do que leite, ficando mais escuro

16.Descafeinado

Para ser considerado um café descafeinado, independentemente da espécie, deve apresentar mais de 97% de seu teor de cafeína removido.