A intrigante longevidade de Loma Linda – Califórnia

A intrigante de longevidade de Loma Linda – Califórnia

Entre as localidades no mundo que se destacam pela longevidade de suas populações, chamadas “Zonas Azuis”, existe uma em especial que tem características bem diferentes das outras. Loma Linda.

Das 5 Zonas Azuis mundiais, Loma linda é a única que fica dentro do perímetro urbano, por assim dizer. As outras são ilhas e arquipélagos que se tornam verdadeiros refúgios protegidos por características geográficas.

Loma Linda, Califórnia

Loma Linda é uma cidade do estado americano da Califórnia, no Condado de San Bernardino.

Cravada em uma paisagem urbana cercada por fast foods e lojas de conveniência, uma pequena cidade na Califórnia conseguiu manter bons hábitos alimentares e alcançar uma expectativa de vida de dez anos a mais que a média dos Estados Unidos.

Estudos demonstraram que os habitantes de Loma Linda vivem até dez anos a mais do que a média dos americanos (79 anos) chegando a idade avançada com uma saúde muito melhor.

A longevidade tem ligação com a religião da população dali. Os adeptos da Igreja Adventista do Sétimo Dia compõem cerca de metade dos 24 mil habitantes do local. É uma comunidade cristã evangélica que segue diretrizes rigorosas sobre alimentação, exercício e descanso físico.

Alguns segredos de Loma Linda

1 – Tabaco – Consideram o tabaco como um veneno maligno e lento desde 1864, de acordo com Richard Schaefer, historiador da biblioteca da universidade. Isso foi estabelecido cem anos antes de qualquer autoridade de saúde pública americana considerar o tema.

 

2 – Ellen White, uma das fundadoras dos adventistas que tinha pouca educação formal, disse que o álcool prejudica o cérebro. Ela também escreveu sobre os perigos de consumir muito sal e dizia que tinha as informações por inspiração divina, mas que não sabia explicar como ou porque isso acontecia.

 

3 – Os adventistas creem que sua longevidade esteja relacionada ao respeito pelo corpo humano como um templo do Espírito Santo.

 

4 – Seguem uma dieta vegetariana, com exercício regulares e um compromisso com a celebração do sábado como o dia de descanso.