Já ouviu falar em alimentação probiótica?

Já ouviu falar em alimentação probiótica?

Muito se tem falado sobre alimentos probióticos. Cada vez mais pessoas estão mudando sua forma de se alimentar, incluindo em seu dia a dia elementos que tem função pró ativa no sentido de fornecer ao nosso corpo ferramentas para se manter em equilíbrio. Nós da terceira idade também podemos nos beneficiar da alimentação probiótica destes alimentos que tem a capacidade de nos dar saúde.

O que são alimentos probióticos?

O nosso intestino tem uma participação central no bom funcionamento do nosso organismo. É nele que acontece a absorção dos nutrientes dos alimentos que consumimos para o sustento do nosso corpo. No intestino existem bactérias benéficas que promovem este processo. Os alimentos probióticos contribuem para o aumento destas bactérias que são essenciais para a saúde digestiva. Nossa pele e nosso sistema digestivo juntos hospedam mais de 2.000 tipos de bactérias que trabalham em funções como apoio ao sistema imunológico, digestão e pele saudáveis.

A ação dos probióticos em nosso organismo

  • Combater doenças intestinais, como colite, síndrome do intestino irritável, doença de Crohn e inflamação intestinal;
  • Combater a candidíase, hemorroidas e infecção urinária;
  • Melhorar a digestão e diminuir a azia;
  • Aumentar a absorção de alguns nutrientes, como vitamina B ou metionina;
  • Aumentar a produção de macrófagos, que são células de defesa do organismo;
  • Melhora a função digestiva;
  • Melhora condições inflamatórias intestinais;
  • Gestão e prevenção do eczema em crianças;
  • Combater doenças transmitidas por alimentos;
  • Reduzir a gripe e resfriados;
  • Reduzir o uso excessivo de antibióticos;
  • Tratar pedras nos rins;
  • Tratar cólicas;
  • Combater as bactérias resistentes aos antibióticos;
  • Tratar doença hepática;
  • Gerenciar o autismo;
  • Reduzir o colesterol;
  • Combater bactérias que causam úlceras;
  • Melhorar a acne;
  • Perder peso.

As consequências de uma baixa quantidade  probiótica

No momento do nascimento o bebê tem contato pela primeira vez com as bactérias de sua mãe. A partir daí inicia-se uma cadeia de eventos em seu organismo que culminará na produção de suas próprias boas bactérias.

Quando não temos a quantidade saudável de probióticos ficamos expostos a problemas na pele, cândida, doenças autoimunes, distúrbios digestivos, resfriados frequentes, etc.

De onde recebemos os probióticos?

Uma alimentação saudável é suficiente para nos fornecer os probióticos necessários para o suprimento do nosso organismo. Mas, devido à industrialização dos alimentos, refrigeração e práticas agrícolas nocivas, a nossa comida tem perdido o poder de nos suprir neste quesito, por que estes processos eliminam parte ou até toda a composição probiótica deles.

Alimentos com propriedades probióticas

  • Iogurte
  • Kefir (leite fermentado)
  • Chucrute
  • Chocolate escuro
  • Microalgas
  • Sopa de Miso
  • Salmoura
  • Tempeh
  • Kimchi
  • Chá Combucha
  • Vinagre de cidra de maçã