Ioga: 4 benefícios para a terceira idade

ioga benefícios para a terceira idade

A terceira idade é um estágio da vida que requer cuidados, principalmente quando falamos de saúde e bem-estar. Portanto, a prática de atividades físicas regulares é importante para garantir umas vidas mais tranquilas, longe dos problemas de saúde e emocionais. A ioga é uma excelente opção para quem procura uma atividade física prazerosa, leve e que promova tanto a qualidade de vida quanto a saúde física e mental.

Veja também: Os benefícios do Pilates para a Terceira Idade

Benefícios da ioga para a terceira idade

  1. Fortalecimento dos ossos

A osteoporose é um dos problemas de saúde mais comuns na terceira idade. Devido a esta condição metabólica, os ossos se tornam mais fracos, o que deixa os idosos mais suscetíveis a fraturas.

O Yoga é uma das principais atividades no tratamento contra a osteoporose. Por se tratar de um exercício isométrico de sustentação de peso, trabalha diretamente no fortalecimento dos músculos e ossos.

  1. Prevenção de quedas

 A ioga trabalha diversos exercícios que diminuem o risco de queda, muito comum na terceira idade.

  • Exercícios direcionado aos olhos: auxiliam na saúde da retina, contribuindo para que o idoso enxergue melhor as alterações do ambiente como degraus e altura, além de dar mais segurança no pisar.
  • Exercícios de flexibilidade dos pés: fortalecem a articulação dos dedos e o arco do pé, o que dá mais sustentação ao andar do idoso;
  • Exercícios de fortalecimento muscular: manutenção da posição correta dos joelhos, nivelação da bacia e melhora das articulações dos membros inferiores;
  • Exercícios direcionados à postura: trabalha a flexibilidade da coluna vertebral, melhorando a postura, dando mais conforto e equilíbrio.
  1. Redução da ansiedade e do estresse 

 A ioga tem exercícios que trabalham sistematicamente a respiração e a meditação. Ambos contribuem para a melhora da qualidade de vida e redução da ansiedade, mantendo o corpo e a mente em equilíbrio.

Além disso, a sensação de relaxamento causada por esses exercícios ainda diminuem a produção de hormônios como cortisol e adrenalina, responsáveis pelo estresse.

  1. Melhora da capacidade cognitiva e memória

 O Journal of Physical Activity and Health, em 2013, publicou um estudo onde conclui que apenas vinte minutos de ioga por dia, são suficientes para potencializar as capacidades cognitivas, melhorando a concentração. .

  1. Integração do corpo e da mente 

Além de trabalhar o corpo, o ioga exercita uma dimensão além do superficial: o espiritual. Promovendo a aproximação de cada um ao seu “eu” verdadeiro, por meio de exercícios de meditação, e expansão corporal e energética, colocando corpo e mente em equilíbrio e integração, diminuindo os riscos de depressão e isolamento.