Idosos que possuem cães tem maior expectativa de vida

Idosos que possuem cães tem maior expectativa de vida

Além da alegria e dos risos que os animais de estimação como os cães podem trazer para os donos, eles podem contribuir não só para a saúde mental, como para a física, revela um estudo feito com mais de três milhões de suecos, publicado na revista Nature.

O estudo

 A investigação da Universidade de Uppsala analisou registros de 3,4 milhões de suecos, entre os 40 e os 80 anos de idade e comparou com os dados sobre hábitos de saúde e estilo de vida das pessoas que estavam cadastradas como donas de cães. Assim, ter um cão está associado a menor risco de uma doença cardiovascular, seja nas famílias de uma pessoa só, e também na população em geral.

As pessoas que vivem sozinhas com cães têm menos 33% de probabilidade de morrer com uma doença cardiovascular e menos 11% de chance de sofrer de um ataque cardíaco, comparando com as pessoas que não têm a companhia de um animal de estimação na mesma condição.

A terceira idade e os cães

Um dos métodos mais recomendados para a melhora da saúde na terceira idade é o convívio com um cão, já que o melhor amigo do homem oferece muitos benefícios para a saúde. A convivência entre idosos e cães melhora o estado de humor, estado mental e a saúde física.

Tipos de cães mais indicados para a terceira idade

Quando alguém na terceira idade  deseja ter um cão, é importante que o este tenha algumas características gerais, para evitar alguns incômodos aos seus donos, visto que o idoso tem algumas restrições físicas naturais a esta etapa da vida.

Características de cães para a terceira idade

  • Que tenha mais de 2 anos
  • Que seja tranquilo e obediente
  • Que não caminhe muito rápido
  • Que seja de raça pequena ou média, como o Yorkshire Terrier ou o Beagle