Hábitos alimentares que levam a descalcificação óssea

Hábitos alimentares que levam a descalcificação óssea

Existem alguns hábitos alimentares que são muito comuns na maioria das culturas latino-americanos que não são positivos para certas partes do nosso corpo. Existem alguns alimentos que, se estiverem muito presentes em nosso dia a dia, podem causar a descalcificação óssea de uma maneira tão séria que não suspeitamos.

Hábitos que provocam a descalcificação

Dietas ricas em sódio

Hábitos alimentares que levam a descalcificação óssea

O excesso de sal na alimentação é ruim para o sistema cardíaco, e este é um fato bem conhecido. Mas consumir mais sódio que o recomendado também causa danos na medula óssea, a enfraquecendo de maneira considerável. Isso acontece porque a absorção de cálcio é impedida, independentemente da quantidade consumida, levando a descalcificação.  Especialistas recomendam não consumir mais de que 1300 e 1500 miligramas (1,3 a 1,5 grama)de sódio por dia.

Abuso de snacks açucarados

Hábitos alimentares que levam a descalcificação óssea

Consumir muito açúcar na dieta cotidiana pode inibir o corpo no processamento do cálcio que consumimos regularmente nos alimentos. Além disso, também remove o fósforo, que são relacionados com o desenvolvimento neuronal e a resistência de algumas células ósseas.

Excesso de refrigerantes

Hábitos alimentares que levam a descalcificação óssea

Vários estudos indicam que os refrigerantes consumidos em excesso (mais de sete porções por semana) são capazes de diminuir a nossa densidade corporal causando a descalcificação, uma vez que altera a assimilação dessa parte do nosso corpo. Isso significa que pode haver mais fraturas e problemas ósseos.

Dietas com muitos vegetais

Hábitos alimentares que levam a descalcificação óssea

Veja também:

20 opções de alimentos saudáveis para a dieta

Embora os legumes sejam sempre um dos alimentos mais recomendados por terem ferro, o consumo abusivo deste tipo de alimento faz com que o corpo seja incapaz de absorver o cálcio que se come. Não se deve remover de sua dieta, mas evitar o exagero, como nos casos em que só se consome um tipo. Algumas dessas dietas podem estar causando danos irreversíveis aos ossos através da dieta que se siga e que geralmente não se desconfia.