Ficar sentado é o novo fumar

Ficar sentado é o novo fumar

A quarta doença que mais mata no mundo é o sedentarismo. Ficar sentado por muito tempo é um dos fatos que causam problemas cardíacos, obesidade, diabetes e até câncer, além de trazer danos à saúde da coluna e da musculatura.

As pessoas passam 7,5 horas sentadas, em média. De acordo com pesquisas recentes, mesmo que alguém faça exercícios regulares, se tiver o hábito de ficar sentado por muito tempo está correndo o risco de desenvolver uma doença cardiovascular. É mais ou menos como se ela fumasse. Assim como fumar sempre faz mal, mesmo que se tenha uma prática de exercícios, ficar sentado também!

Ficar em pé, mesmo que parado

A afirmação dos especialistas é contundente: Mesmo sem atividade nenhuma, ficar em pé é melhor do que ficar sentado.

Quando permanecemos sentados por mais de 20 minutos nosso metabolismo começa a ficar inibido. O ideal é ficar em pé a cada 30 minutos para que a circulação não seja comprometida.

Uma pequena mudança na rotina

Fazer intervalos a cada 30 minutos de tempo sentados irá afastar a possibilidade de maiores problemas. Atender a um telefonema em pé, ir ao banheiro, tomar uma água no bebedouro ou simplesmente dar uma esticada, alongando as pernas já estará quebrando o tempo sedentário.

Ir buscar o cafezinho, optar pelas escadas ou utilizar um banheiro mais distante são outras ideias que podem ser úteis para que nossa circulação se mantenha ativa. Em casa, mesmo se estivermos no nosso confortável sofá, importa que evitemos os longos períodos sem movimentação.

Ficar sentado na terceira idade

Pra quem já passou dos 60 anos, ficar muito tempo sentado pode ser pior ainda. Nessa fase, temos a tendência de perda da força muscular que pode levar à redução da capacidade cardíaca. De acordo com os especialistas, o segredo é ficar em pé.

Estudos comprovam que idosos que ficam muito tempo sentados aumentam em 48% a chance de desenvolverem problemas cardíacos. Portanto, mesmo se tivermos atividades físicas algumas vezes na semana, precisamos evitar ao máximo ficarmos sentados por muito tempo.