Atividade física aumenta a expectativa de vida

Exercícios aumentam e expectativa de vida

Se o corpo não já encontra dificuldades nas atividades cotidianas, nada melhor que revigorá-lo com exercícios físicas. É o que aponta uma pesquisa divulgada pela Hebrew University Hadassah Medical School, de Jerusalém, que acompanhou 1.861 voluntários entre 70 e 88 anos. O estudo concluiu que os que praticavam atividades físicas regulares aumentaram a expectativa de vida em 15% depois dos 70 anos e permaneceram ativos por mais tempo.

Exercícios que curam

A prática do exercício físico na terceira idade pode retardar o aparecimento de complicações físicas, além de outros benefícios “Diminui o risco cardiovascular, aumenta a massa muscular e a óssea, melhora a coordenação, a flexibilidade, a força muscular, assim como a atenção, o equilíbrio e a conscientização corporal”, explica Telma de Almeida Busch Mendes, fisioterapeuta e coordenadora da pós-graduação em Gerontologia do Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE).

Não é somente o corpo que agradece. Também no aspecto psicológico a atividade física traz benefícios. Associada à socialização, pode ajudar no humor, diminuir a ansiedade e atuar como coadjuvante em casos de depressão leve, segundo o dr. Mário Sérgio Rossi Vieira, fisiatra e médico do esporte do HIAE.

Devagar se vai longe

Antes de tudo, porém, é preciso consultar um médico especialista na área. Os especialistas avaliam as condições físicas da pessoa e prescrevem os exercícios mais adequados. São analisados também os diferentes componentes da aptidão física: condicionamento cardiorrespiratório, resistência e força muscular, flexibilidade e composição corporal, que inclui as proporções de massa magra e massa gorda do corpo. “Isso assegura a realização dos exercícios em uma faixa de segurança e, desse modo, a manutenção da mobilidade, da agilidade e da força muscular, prolongando a independência do idoso”, diz o fisiatra.

Os exercícios aeróbicos de baixa ou moderada intensidade e impacto, em geral são os mais indicados para quem quer fazer um condicionamento. O ideal éalternar entre exercícios aeróbicos, que melhoram o condicionamento cardiovascular, com exercícios com carga de moderada intensidade para ganhar força e resistência. Estes devem respeitar intervalos entre 24 e 48 horas.