A diferença entre os tipos de colesterol

A diferença entre os tipos de colesterol

O colesterol é um tipo de gordura presente nas células, importante para o bom funcionamento do organismo. Porém, níveis de colesterol total alto no sangue aumentam o risco de doenças cardiovasculares.

Como manter níveis saudáveis

Uma dieta pobre em gorduras e a prática regular de exercícios físicos são as recomendações básicas para que possamos manter níveis saudáveis. No entanto, pessoas com maiores fatores de risco para desenvolver doenças cardiovasculares, devem fazer um controle mais rigoroso.

Veja também:

Reduza o risco de AVC em quase 50%

Níveis adequados de cada tipo de colesterol:

  1. HDL

O HDL, também conhecido como colesterol bom, é o único que deve se manter alto na corrente sanguínea. Ele é produzido pelo organismo e o ideal é tê-lo sempre acima de 40mg/dl. Para aumentar os níveis deste, precisamos manter o peso adequado, adotando uma dieta pobre em gorduras e praticando atividades físicas com regularidade.

Os valores de referência do HDL são:

Colesterol HDL (bom) Baixo:

< 40 mg/dl para homens e mulheres

Ideal:

acima de 40 mg/dl

  1. LDL

O LDL é o colesterol mau. Ele está alto quando igual ou superior a 130 mg/dL, para a maioria das pessoas, no entanto, em alguns casos são necessários controles mais rígidos. Quando o nível deste está alto começa a haver deposição de gordura nas paredes dos vasos sanguíneos, formando placas de gordura que podem dificultar a passagem do sangue e levar a um ataque cardíaco ou AVC.

Para diminuir o LDL, precisamos seguir uma dieta pobre em açúcar e em gordura e praticar alguma atividade física pelo menos 3 vezes por semana.

Os valores de referência do LDL são de:

Valor recomendado do Colesterol LDL (mau) Para quem Exemplos
< 130 mg/dl Pessoas com risco cardiovascular baixo Pessoas jovens, sem doenças ou com hipertensão bem controlada, com LDL entre 70 e 189 mg/dl..
< 100 mg/dl Pessoas com risco cardiovascular intermediário Pessoas com 1 ou 2 fatores de risco, como tabagismo, pressão alta, obesidade, arritmia controlada,  ou diabetes que seja inicial, leve e bem controlado, dentre outros.
< 70 mg/dl Pessoas com risco cardiovascular alto Pessoas com placas de colesterol nos vasos vistas pelo ultrassom, aneurisma de aorta abdominal, doença renal crônica, com LDL > 190mg/dl, diabetes há mais de 10 anos ou com múltiplos fatores de risco, dentre outros.
< 50 mg/dl Pessoas com risco cardiovascular muito alto Pessoas com angina, infarto, AVC ou outro tipo de obstrução arterial por placas de aterosclerose, ou com qualquer obstrução arterial grave observado no exame, dentre outros.

O risco cardiovascular baixo, intermediário alto ou muito alto são determinados pelo

  1. VLDL

O VLDL transporta os triglicerídeos e também aumenta o risco de doenças cardíacas.

O valore de referência do VLDL costuma ser de:

Colesterol VLDL Alto Baixo Ideal
acima de 40 mg/dl abaixo de 30 mg/dl até 30 mg/dl

Entretanto, de acordo com as últimas recomendações da sociedade brasileira de cardiologia, não são considerados relevantes os valores do VLDL, sendo mais importantes os valores do  não-HDL, cuja meta deve ser de 30 mg/dl acima do LDL.

  1. Colesterol Total

O colesterol total é a soma do HDL, LDL e do VLDL. Ter o colesterol total alto representa um risco elevado de doenças cardiovasculares e, por isso, seus valores não devem ultrapassar os 190 mg/dl.

Os valores de referência são:

Colesterol Total Desejável: < 190 mg/dl