Dieta Cetogênica – O que é e quais os benefícios

Dieta Cetogênica – O que é e quais os benefícios

As dietas que normalmente são recomendadas por nutricionistas incluem os carboidratos como principal fonte de calorias, seguidos por fontes proteicas e por último as gorduras, formando a pirâmide alimentar. No entanto, dependendo do objetivo de cada pessoa, esse esquema alimentar pode não ser o mais adequado. Na dieta cetogênica esse esquema é invertido, a fonte energética é principalmente proveniente das gorduras, enquanto os carboidratos são ingeridos em quantidades mínimas. As proteínas devem ser consumidas em quantidades moderadas. Esse balanço leva a uma alteração de como as células obtém energia no organismo.

A escassez no fornecimento de carboidratos faz com que o fígado quebre a gordura proveniente da alimentação e do tecido adiposo em ácidos graxos e corpos cetônicos para obtenção de energia, aumentando os níveis destes últimos no sangue, por isso o nome dieta cetogênica.

Benefícios da dieta cetogênica

Dieta Cetogênica – O que é e quais os benefícios

1) A queima de gordura se torna mais fácil

Quando o corpo entra em estado de cetose, todo o sistema de oxidação de gorduras para obtenção de energia é ativado para garantir o suprimento energético na pouca presença de carboidratos, usando como fonte principal as gorduras, ou seja, o organismo se prepara para queimar a gordura de forma eficiente e esse processo se torna mais fácil.

2) Poupa a massa muscular

A dieta cetogênica é uma excelente forma de perder peso sem comprometer a massa muscular, resultando na redução do índice de gordura corporal e definição muscular.

3) Ajuda a abaixar os níveis de insulina

Em uma dieta com baixo consumo de carboidratos, a secreção de insulina ocorre apenas em níveis basais e isso viabiliza ainda mais a oxidação da gordura armazenada no tecido adiposo.

4) Ajuda a controlar o apetite

Um ponto importante do estado cetogênico, é que, além de estimular a quebra de gorduras, ele inibe o apetite quando associado a uma alta ingestão de proteínas, enquanto dietas ricas em carboidratos apenas levam ao aumento do apetite por desencadearem grandes variações e picos de insulina.

Sugestão de menu de refeições cetogênicas em um dia

Café da manhã

  • Omelete, ovos cozidos ou mexidos
  • Frios (presunto, salame, queijo)
  • Manteiga
  • Chá ou café

Almoço

  • Carne bovina ou suína
  • Peixe ou frutos do mar
  • Salada de folhas
  • Brócolis ou aspargos
  • Azeite

Jantar

  • Ovos ou omelete
  • Frango grelhado ou refogado com azeite ou manteiga
  • Salada de folhas
  • Espinafre refogado
  • Azeite

Lanches intermediários

  • Castanhas como amêndoas, macadâmia e castanha-do-Pará
  • Queijos ricos em gordura
  • Salame
  • Abacate
  • Gelatina diet (também podem ser consumida como sobremesa)

Os refrigerantes e sucos diet também são permitidos e podem ser consumidos com as refeições. Para quem não sente falta dessas bebidas, a opção mais saudável é substituir por água.