10 dicas para acabar com a caspa

dicas para acabar com a caspa

Para cada caso é possível tratar a caspa de uma maneira, o que está relacionado à gravidade dos sintomas. Mas é importante saber que, se depois de arrumar toda a rotina errada a caspa não diminuir, é hora de procurar ajuda médica.

Ações para combater a caspa

dicas para acabar com a caspa

1. Lavar o cabelo corretamente

  • Lavar um dia sim e outro não, ou no máximo a cada dois dias;
  • Aplicar um xampu anticaspa apenas no couro cabeludo e deixe agir por dois minutos;
  • Aplicar o xampu fazendo atrito de forma suave, para evitar mais descamações;
  • Passar o condicionador apenas abaixo da linha da orelha, se necessário;
  • Evitar banhos muito quentes, deixando a temperatura da água morna, para evitar a oleosidade.

2. Cuidado com os xampus secos

Os xampus secos têm base de amido de alumínio, que ajuda a absorver a oleosidade e melhorar o brilho dos cabelos, mas ele não remove a sujeira, então não pode substituir a lavagem nem ser incentivado como um hábito diário.

3. Sempre secar os cabelos

Ficar com o cabelo molhado por muito tempo, como quando se vai dormir com ele ainda úmido, deixa o couro cabeludo mais propício para a proliferação de fungos que podem aumentar ainda mais a descamação, além de dificultar o tratamento para acabar com a caspa.

4. Cuidado com químicas

Este tipo de intervenção agride, promovendo uma troca acelerada da pele. O normal é que a pele seja trocada a cada 21 dias, aproximadamente, e não é possível perceber que ela está ocorrendo.

5. Usar gel moderadamente

O gel na raiz do cabelo, assim como o condicionador, pode ser prejudicial para quem quer acabar com a caspa. Isso porque é como se o gel fechasse o folículo, o que piora a oleosidade e a descamação.

6. Escolher um bom xampu anticaspa

Eles podem ter antifúngicos como o cetaconazol, que ajudam nas caspas ocasionadas por fungos. Já os que contêm zinco ou coaltar, por exemplo, podem ajudar a reduzir a descamação. Entre as opções naturais estão os produtos com óleo de melaleuca, que tem ação antifúngica e ajuda a combater a caspa. O enxofre também ajuda a controlar a microbiota da região, o que pode colaborar na redução do problema.

7. Produtos com óleos naturais

O óleo de melaleuca e de rícino, assim como a argila, podem ser utilizados para acalmar a inflamação no couro cabeludo causada pela caspa.

8. Tratar outros problemas de saúde

Existem diversos outros problemas de saúde ligados à caspa, como:

  • Psoríase;
  • Artrite psoriásica;
  • Estresse;
  • Tensão emocional;
  • Diabetes;
  • Obesidade;
  • Problemas hormonais.

9. Procedimentos no consultório

Caso a mudança de hábitos não diminua a quantidade de caspa, além de usar os xampus anticaspa de uso livre, pode ser importante procurar ajuda de um médico dermatologista ou tricologista (especialidade que cuida dos cabelos).

10. Remédios contra a caspa

Além dos procedimentos no consultório, o dermatologista também pode indicar o uso de remédios orais para casos mais graves de caspa.

Dentre eles, estão os antifúngicos orais e até os anti-inflamatórios, como o corticoide, que serão receitados de acordo com o tipo de caspa que a pessoa possui para melhorar o quadro.