Consequências da má alimentação

Consequências da má alimentação

Existe uma série de enfermidades relacionadas aos maus hábitos alimentares; descobrir isso logo cedo ajuda a prevenir seu aparecimento e viver melhor.

Gastrite, diabetes, obesidade, colesterol elevado e hipertensão. Essas são as principais doenças ligadas à má alimentação. Portanto, uma vida saudável necessariamente passa por uma alimentação equilibrada. Quem descobre isso logo cedo, desenvolve hábitos alimentares que reduzem a incidência dessas doenças.

Doenças relacionadas à má alimentação

Gastrite

A gastrite é uma inflamação na mucosa do estômago. É provocada, em parte, por má alimentação e a realização de poucas refeições por dia. Para evitar que ela aconteça, é preciso fracionar mais as refeições. Ou seja, comer em pequenas porções ao longo do dia. Além disso,  é importante evitar alimentos que irritam a mucosa do estômago. São eles o café, as frituras, os doces, as bebidas alcoólicas, os alimentos condimentados e outros.

Diabetes

A Diabetes do tipo II está diretamente ligada ao excesso de peso e a obesidade. Portanto, para prevenir o seu aparecimento, é imprescindível procurar um nutricionista. Ele vai elaborar um cardápio de acordo com as necessidades de cada um. De forma geral, é importante reduzir o consumo de carboidratos, gorduras e promover uma reeducação alimentar. Exercícios físicos também são importantes.

Colesterol elevado

O colesterol é um tipo de gordura encontrada em nosso organismo importante para o seu funcionamento normal. No entanto, o aumento nos índices de colesterol LDL – um dos tipos de colesterol –  pode provocar infarto e derrame, pelo acúmulo em artérias e coronárias. Cerca de 70% do colesterol é produzido pelo nosso próprio corpo e 30% é proveniente da dieta. Assim sendo, é importante consumir de forma moderada alimentos ricos em gordura e evitar alimentos industrializados ricos em gorduras trans. E aumentar o consumo de fibras e praticar exercícios.