Como se faz o Café Descafeinado

Como se faz o Café Descafeinado

O café descafeinado oferece inúmeros benefícios para o corpo, como o auxílio na prevenção do câncer, proteção do fígado e redução dos níveis de glicose no sangue. Ele tem se popularizado bastante, mas pouca gente sabe como funciona seu complexo processo de produção. Para receber esse título, ele precisa ter pelo menos 97% da cafeína retirada.

Como começou o processo de descafeinamento?

O café contém entre 800 e 1.500 compostos químicos diferentes. Isso faz com que seja extremamente desafiador extrair a cafeína (em qualquer quantidade que seja) sem modificar o sabor original da bebida.

O processo de descafeinar vem enfrentando mudanças desde sua criação em 1903. O procedimento centenário foi desenvolvido por Ludwig Roselius, um químico alemão que descobriu uma maneira de tirar a cafeína do café sem modificar significativamente o sabor usando cloreto de metileno para essa finalidade. Muitas marcas comercializaram o café descafeinado utilizando o método de Roselius, o que deu muito certo até a década de 80.

Os anos 80 e as novas técnicas de descafeinar

Em 1980 o cloreto de metileno foi identificado como uma substância cancerígena, o que levou a indústria do café a desenvolver novas técnicas para manter disponível o produto no mercado. Hoje em dia existem vários outros métodos para retirar boa parte da cafeína do café.

Método da água

A água quente ajuda a dissolver a cafeína, que depois é removida com o auxílio de um solvente orgânico. Vale frisar que o solvente impede que outras substâncias sejam dissolvidas, preservando as propriedades e o sabor do café. Após essa etapa, a água sem cafeína, mas com os sabores do café, é colocada de volta nos grãos e seca em seguida.

Método do gás carbônico

Outra solução muito utilizada para descafeinar o café é o processo que tira a cafeína e depois a transforma em gás carbônico, mais precisamente em um estado químico chamado de supercritico — que não é gasoso, nem líquido, nem sólido.

Método de lavagem dos grãos

O processo de lavagem dos grãos é feito com água bem quente, saturada com compostos químicos do café, menos a cafeína. Isso faz com que apenas ela seja dissolvida na água, que é descartada depois.

Curiosidades sobre o processo de descafeinamento

  • O processo de descafeinamento é feito com o grão maduro, cru e recém-colhido para manter o sabor característico do café.
  • Se o café fica muito tempo de molho, além de retirar parte da cafeína, o sabor pode ser modificado.
  • O sabor do café descafeinado e o teor de cafeína dos produtos varia de acordo com a marca, lote, forma de preparo, etc.
  • A cafeína também pode ser removida através de uma caldeira de alta pressão e filtros de carvão.