Como respirar adequadamente – Benefícios

Como respirar adequadamente - Benefícios

A respiração profunda pode nos ajudar a eliminar toxinas de forma mais eficaz e inclusive a combater a dor graças à liberação de endorfinas. A respiração lenta confere calma e bem-estar à pessoa que a pratica de forma regular. Este tipo de técnica, onde a pessoa se acostuma a inspirar o ar de forma profunda, retendo esse oxigênio e exalando-o ao mesmo tempo de forma mais longa do que a habitual, é muito comum na ioga e no mindfulness.

7 benefícios da prática da respiração profunda

1. Regula o estresse e a ansiedade

A respiração é algo que fazemos de forma involuntária. Inalamos oxigênio para obter e criar energia a nível celular. Depois, exalamos dióxido de carbono, subproduto resultante da respiração celular. Este processo nos beneficia de forma notável sempre que feito de forma pausada, rítmica e profunda.

Ao oferecer ao nosso corpo oxigênio de forma mais pausada, constante e regular, nossos músculos deixam também de estar tensos. É então quando o sistema simpático, por sua vez, deixa de enviar seus picos altos de cortisol e adrenalina ao nosso corpo. Trazendo um estado de calma.

2. Elimina toxinas

Nossos corpos estão desenhados para liberar grande parte de suas toxinas através da respiração. Pelo menos durante 2 ou 3 vezes por dia, é importante dedicar pelo menos 10 minutos a respirar de forma profunda.

3. Diminui a sensação de dor

Algo que fazemos muitas vezes de forma quase que inconsciente quando sentimos dor é conter a respiração. É um mecanismo natural de nosso cérebro quando recebemos um golpe, um impacto, quando somos feridos. Tentar conter a respiração por alguns segundos e respirar de forma profunda e pausada pode ajudar a liberar endorfinas, que são os analgésicos naturais do corpo.

4. Ajuda a melhorar a postura

Praticar a respiração profunda nos permitirá melhorar o esquema corporal e, principalmente, o eixo costas-pescoço. Ao encher os pulmões de ar conseguimos estimular a coluna vertebral para colocá-la em uma postura mais harmônica, equilibrada e correta.

5. Estimula o sistema linfático

O sistema linfático é parte essencial do sistema imunológico do corpo e é composto por uma rede complexa de vasos linfáticos, tecidos, órgãos e gânglios que cumprem grande quantidade de funções. Uma delas, a que é desempenhada pelo líquido linfático, é liberar de nosso organismo os restos das células mortas e outros rejeitos. A respiração profunda nos ajudará a consegui-lo, a permitir que a linfa flua de modo adequado para que nosso corpo possa trabalhar de maneira mais eficiente.

6. Protege o coração

O exercício aeróbico utiliza a gordura como energia, enquanto o exercício anaeróbico (treinamento de força) utiliza a glicose como energia. Porém, ao praticar o “exercício” da respiração profunda, estaremos desempenhando uma rotina de cárdio. Esta melhorará nossa saúde cardiovascular e nos ajudará a queimar células de gordura.

7. Melhora a digestão

A respiração profunda melhora nossa digestão. Ao oferecer ao nosso corpo mais oxigênio e de forma mais regular, o subministramos também aos órgãos digestivos para que trabalhem de forma mais eficiente. Além disso, aumentamos o fluxo sanguíneo e estimulamos por sua vez a ação intestinal.