12 comidas “saudáveis” que devemos consumir menos

12 comidas

A discussão por uma alimentação cada vez mais saudável e controlada é cada vez mais presente em nosso dia a dia. Muitas dietas e orientações sobre alimentação são passadas para frente, muitas vezes, sem a orientação e consulta de um profissional adequado. Com a divulgação através das mídias sociais, pessoas que levam vidas “saudáveis”, colocam-se no papel de profissionais como nutricionistas e professores de educação física, orientando seus seguidores a como se alimentarem e exercitarem.

12 comidas tidas como “saudáveis” que devemos consumir menos

1. Frutas secas

Quando são desidratadas, estas frutas recebem altas quantidades de componentes químicos, além de aumentarem suas concentrações de açúcares.

2. Bebidas esportivas

Apesar de serem muito utilizadas por atletas, não há nada comprovado sobre seus benefícios.

3. Barrinhas de cereais

Consumida por muitas pessoas, as barrinhas de cereais muitas vezes têm uma grande concentração de açúcar e componentes químicos.

4. Sopas em pó

Sopas em pó contém níveis altos de sódio.

5. Peito de peru

Além de possuir alta concentração de sódio, o peito de peru é composto por diversos conservantes químicos.

6. Sucos industrializados

Sucos industrializados recebem conservantes, perdem propriedades e ainda ganham uma grande concentração de açúcar.

7. Granola

Embora em sua maioria a granola possua propriedades nutritivas, muitas vezes há uma alta concentração de açúcar e as vezes óleo.

8. Sanduíche natural pronto

Os sanduíches naturais prontos contém ingredientes muitas vezes industrializados.

9. Pipoca de micro-ondas

Altos níveis de sódio e diacetil.

10. Molho de salada light industrializado

Apesar de ser light, existem outros componentes muito ruins como o sódio e a concentração de açúcar.

11. Adoçante aspartame

O aspartame é proibido em alguns países por suas possíveis propriedades cancerígenas.

12. Açaí industrializado

Açaí, quando industrializado recebe uma forte concentração de açúcar e conservantes.