Checkup anual reduz risco de doenças depois dos 50 anos

Checkup anual reduz risco de doenças depois dos 50 anos

A partir dos 50 anos, o checkup anual passa a ser fundamental, pois, por meio dos exames de imagem e avaliações especializadas, ajuda a identificar os principais fatores de risco da pessoa, o que permite ao médico dela elaborar um programa de saúde específico para a sua necessidade.

Principais exames realizados em checkup

Checkup anual reduz risco de doenças depois dos 50 anos

1. Pressão arterial

Por meio de um aparelho chamado Esfigmomanômetro, o médico confere a pressão arterial do paciente com o objetivo de detectar possíveis alterações na pressão arterial para diagnosticar problemas, como por exemplo, a hipertensão, fator de risco para infartos e derrames. O exame dura poucos minutos e costuma ser feito a partir dos 18 anos, devendo ser repetido, no mínimo, uma vez por ano.

2. Hemograma

Por meio de coleta de uma mostra de sangue, é realizada a contagem do estoque de células vermelhas e brancas. Para sinalizar o estado do sangue e do sistema imunológico, acusando problemas como, por exemplo, infecções ou carência de substâncias. Deve ser realizado anualmente desde a infância.

3. Colesterol e glicemia

Através de uma mostra de sangue coletada em laboratório, serão realizados testes para avaliar a concentração de gorduras e de açúcar na circulação sanguínea para verificar a probabilidade de o paciente estar diabético ou vir a desenvolver a doença. Já a medição do colesterol e das triglicérides ajudará a acompanhar a possibilidade de formação de placas capazes de obstruir os vasos.O exame é opcional na infância, mas muito indicado a partir dos 18 anos, e deverá ser solicitado pelo médico quando julgar necessário. Contudo, a partir dos 40 anos, o recomendado é que o exame seja repetido a cada ano.

4. Eletrocardiograma e teste ergométrico

Eletrodos são posicionados no peito do paciente para apurar o risco cardiovascular, primeiramente com o paciente deitado e, num segundo momento, com o paciente em movimento para verificar com maior precisão a presença de entupimentos nas artérias, fenômeno que precede ataques cardíacos.O exame é facultativo a partir dos 20 anos e obrigatório aos 40, com repetição anual.

5. Ecocardiograma

É o ultrassom do coração e serve para medir a capacidade de contração do músculo cardíaco e o funcionamento das válvulas, alertando para possíveis disfunções.Facultativo a partir dos 20 anos e obrigatório aos 40, com repetição anual.

6. Preventivo (para mulheres)

Uma análise microscópica de células do tecido que reveste o colo do útero. O material é recolhido pelo médico durante a consulta e encaminhado ao laboratório, objetivando identificar alterações e possíveis lesões no colo do útero, que podem levar a problemas como câncer. Se deve fazer anualmente à partir do início da vida sexual da mulher.

7. Mamografia

Exame radiológico para avaliação das mamas com o objetivo de identificar lesões benignas e cânceres, que geralmente se apresentam como nódulos. Se deve realizar anualmente a partir dos 40 anos. Havendo casos de câncer na família, a investigação deve começar por volta dos 30 anos.

8. Dosagem dos hormônios da tireoide

Exame de sangue que calcula hormônios como o TSH e o T4.O objetivo é identificar alterações como hipotireoidismo, hipertireoidismo ou nódulos da tireoide.Geralmente solicitado às mulheres, por apresentarem mais distúrbios na glândula, pode ser prescrito desde a juventude, com periodicidade variável.