Chá de Manjericão – Inúmeros benefícios

Chá de Manjericão – Inúmeros benefícios

O consumo de Manjericão é cada vez mais associado a uma série de benefícios à saúde. Além da função gastronômica, como tempero utilizado frequentemente em diversos alimentos, ele protege o corpo a ataques bacterianos, estimula a memória, melhora a pele e a visão e alivia o estresse. Conhecida desde a Grécia Antiga, a especiaria desempenha ainda as funções de desintoxicante, antisséptico e ajuda a restabelecer o organismo de todo o tipo de infecção.

Benefícios do Manjericão

Chá de Manjericão – Inúmeros benefícios

1. Tratamento de resfriados

O manjericão ajuda na melhora do sistema imunológico. Suas folhas são usadas no tratamento de resfriados. As fortes propriedades do manjericão antibióticas protegem o organismo contra bactérias e as infecções causadas por elas.

2. Alívio de tosse

O Manjericão é um ingrediente muito utilizado em xaropes e expectorantes. Dores de garganta também podem ser aliviadas com um gargarejo com água fervida com folhas da planta.

3. Melhorar o sistema imunológico

Estudos mostram que vários componentes químicos da planta aumentam a produção de anticorpos em até 20%. Ao fortalecer o sistema imunológico a planta protege contra asma, alergias, artrite, câncer, gripes e resfriados.

4. Anti-estresse

As folhas de Manjericão também são conhecidas por diminuir o estresse. Especialistas recomendam mascar 10 a 12 folhas de Manjericão, duas vezes por dia, para prevenir o estresse.

5. Melhora da visão

A Vitamina A presente no manjericão possui propriedades antioxidantes, altamente benéficas à saúde ocular.100g de manjericão fresco correspondem à dose diária recomendada de Vitamina A ao organismo.

6. Melhorar a pele

O manjericão previne o surgimento de acnes e acelera o processo de recuperação de feridas na pele. O extrato ajuda a eliminar as bactérias presentes na derme, que resultam no entupimento dos poros, a principal causa da acne.

7. Melhora a saúde bucal

Estudos indicam que as propriedades do Manjericão também são eficazes no combate ao mau hálito e doenças periodontais.

8. Elimina pedras nos rins

O Manjericão tem efeito no funcionamento dos rins. Para aperfeiçoar o órgão, é indicado o consumo de 6 folhas frescas com água, em jejum. Para quem sofre de pedras nos rins é bom misturar suco extraído de manjericão com mel e tomar a mistura diariamente durante aproximadamente 6 meses. O procedimento facilita a eliminação das pedras nos rins pela urina.

9. Tratar problemas de estômago

O consumo de Manjericão faz bem para o sistema digestivo. O suco extraído de suas folhas pode tratar dores de estômago ou cãibras. Seu chá ainda é utilizado para tratar outros problemas comuns de estômago, como prisão de ventre, indigestão, pilhas e acidez.

10. Alívio de dor de cabeça

O manjericão tem função de relaxante muscular. A planta pode ser mastigada, ingerida como chá ou ainda ser aplicada como óleo diretamente no corpo para aliviar a tensão nos músculos e as dores de cabeça.

11. Sistema cardiovascular

Os componentes antioxidantes encontrados na erva ajudam a baixar o nível de colesterol e reduzir as chances do desenvolvimento da doença da artéria coronária. Propriedades do manjericão como o magnésio auxiliam relaxando os músculos e melhorando o fluxo sanguíneo no organismo.

12. Sistema respiratório

A erva também favorece a saúde respiratória, pois ajuda a melhorar o desempenho dos pulmões. Os óleos essenciais de Manjericão são bons para curar a bronquite e congestão dos pulmões.

13. Sistema nervoso

A melhoria das funções cerebrais é outro dos benefícios do manjericão, uma vez que ele normaliza os níveis de neurotransmissores no cérebro. O seu extrato funciona como um tônico cerebral, ajudando a aguçar a memória.

Como preparar o chá de Manjericão

– Cerca de 10 folhas de manjericão;
– 1 litro de água.

Em um recipiente, levar a água ao fogo. Aguardar até que alcance o ponto de ebulição e então desligar. Adicionar as folhas lavadas e higienizadas de manjericão e então tampar. Deixar descansar por um período de, aproximadamente, dez minutos – ou até amornar – e então coar e consumir.