Chá de Casca de Laranja – Benefícios e indicações

Chá de Casca de Laranja – Benefícios e indicações

A laranja é uma das frutas preferidas dos brasileiros, repleta de vitamina C, mas também cálcio, betacaroteno e potássio. É muito comum o hábito de comer uma laranja e jogar sua casca fora, porém essa casca que descartamos é riquíssima em propriedades medicinais. Assim, aproveitar a casca da laranja ao invés de descartá-la é uma ótima opção para aproveitar diversos benefícios que ela pode trazer.

Benefícios e propriedades da casca da laranja

Chá de Casca de Laranja – Benefícios e indicações

Ajuda a digestão

Por ser composta de grande quantidade de fito nutrientes e flavonoides (que tem efeito anti-inflamatório), além de aliviar sintomas de azia, flatulência, diarreia,entre outros.

Fortalece o sistema imunológico

Por ser rica em vitaminas dos tipos A e C, ambas de caráter extremamente antioxidante.

Ajuda na diminuição dos níveis de colesterol

Contém substâncias tais como hesperidina, pectina e flavonas polimetoxiladas.

Protege a pele dos raios ultravioletas

Por causada presença do d-limoneno, uma substância que funciona como um protetor solar natural bastante eficaz. 

Chá de casca de laranja

Para obter todos os benefícios descritos acima, seguir as orientações a seguir, afim de obter o chá das cascas de laranja. É muito fácil de preparar, além da rapidez no processo.

Receita 1

Ingredientes:

– 6 laranjas

– 2 litros de água

Modo de fazer:

  1. Descascar as laranjas e reservar as cascas;
  2. Colocar a água junto às cascas da laranja para ferver;
  3. Deixar fervendo por mais ou menos 30 minutos;
  4. Coar o chá e estará pronto para consumo.

Receita 2

Ingredientes:

  • 1 l de água;
  • Cascas de duas laranjas;
  • ½ xícara de chá de hortelã;
  • 3 colheres de sopa de mel.

Modo de preparo:

  1. Levar a água, as cascas das duas laranjas e a hortelã ao fogo;
  2. Deixar ferver durante aproximadamente três minutos e adicionar o mel;
  3. Tampar a panela e deixar em infusão (que é quando os ingredientes ficam imergidos diretamente na água quente) por cerca de 15 minutos;
  4. Após, servir quente ou deixar esfriar, levar à geladeira e servir gelado.

É importante ressaltar que, embora esta receita seja confirmada pela tradição popular com grande quantidade de testemunhos de sua eficácia, esta matéria tem mero caráter informativo, sem pretensões científicas. Assim, não se deve interromper nenhum tipo de tratamento orientado por médicos ou outros profissionais de saúde, bem como utilizar os procedimentos aqui descritos como substitutos de medicamentos que tenham sido recomendados.