A Beleza da mulher da Terceira Idade

A Beleza da mulher da Terceira Idade

Apesar do mercado de produtos específicos para a terceira idade dar sinais de vida, ainda está longe de atender as demandas deste público crescente e muito exigente, seja em produtos de beleza ou em qualquer outra área.

A mulher da terceira idade do século XXI está cada vez mais longe daquele estereótipo de vovozinha. Com melhores condições de vida elas estão atrás de novidades, sempre preocupadas com a saúde e o bem-estar. Rejeitam os rótulos e tem bastante interesse em cuidar da imagem, apesar das dificuldades em encontrar produtos próprios para elas.

 A pesquisa “Beleza na Terceira Idade”

A organização Mundo do Marketing conduziu uma pesquisa este ano em parceria com a Reds e a eCGlobal, onde foram abordadas mulheres com mais de 55 anos sobre os cuidados com a aparência.

Através de questionário estruturado, 382 mulheres nas classes A, B e C de todas as regiões do país. Na segunda fase da pesquisa foram promovidas discussões, atividades interativas e um fórum on line.

55% das pesquisadas estão insatisfeitas com as ofertas de produtos específicos para a terceira idade e se sentem ignoradas pelas campanhas publicitárias.

O resultado da pesquisa

Insatisfeitas com a própria aparência

A mulher da terceira idade entende que pode melhorar sua aparência através da indústria de cosméticos. 6 em cada 10 se declararam não satisfeitas com a própria aparência.

Ausência de produtos de beleza específicos para a terceira idade

Itens para a pele, cabelo, unha, corpo e maquiagem são escassos no mercado, no que diz respeito a especificidade da terceira idade. 60% das mulheres acima de 55 anos declararam ter dificuldades em encontrar artigos adequados à sua faixa etária.

Falta de representatividade na mídia

As mulheres da terceira idade demonstraram que não se reconhecem nas propagandas e peças promocionais veiculadas na mídia. 59% não se veem nas comunicações, sendo um público como qualquer outro.

O mapa da insatisfação

Entre as 55% das mulheres que se mostraram insatisfeitas, o rosto e os cabelos são a parte que mais as preocupam, além da insatisfação com o peso, item que atinge 74% das insatisfeitas.

Esperamos que haja uma reação mais contundente da indústria da beleza no sentido de atender esta demanda que nós da terceira idade estamos gerando, pois sabemos que assim como qualquer outro grupo social, temos muito poder de mercado e direitos como cidadãos.