Anestesia – Verdades e mentiras sobre este procedimento

Anestesia – Verdades e mentiras sobre este procedimento

Há muitos mitos e verdades sobre a anestesia que precisam ser esclarecidos. É normal que tenhamos medo de possíveis complicações no momento da anestesia, mas é importante saber que estes problemas são raros.

O responsável por este procedimento é o médico anestesiologista. Entre as complicações que podem acontecer durante a anestesia estão problemas respiratórios e nos sistemas cardiovascular e neurológico.

Mitos e verdades sobre a anestesia

Anestesia – Verdades e mentiras sobre este procedimento

1 – É verdade que o anestesista precisa dar atenção redobrada à manipulação do sistema respiratório do paciente. O médico precisa verificar na consulta pré-operatória a existência de possíveis doenças crônicas do sistema respiratório para calcular o risco de dificuldade respiratória durante o momento da cirurgia.

2 – É verdade que a consulta pré-operatória realizada pelo anestesiologista deve acontecer uma semana antes da cirurgia. Este exame clínico geral é muito importante para o sucesso da operação.

3 – É verdade que existem alguns medicamentos que podem interagir com os anestésicos na hora da cirurgia. Assim, os pacientes devem relatar ao médico todos os remédios que estão tomando.

4 – É verdade que na consulta pré-operatória o médico deve passar informações sobre o jejum pré-operatório para o paciente.

5 – É verdade que a anestesia pode levar ao choque anafilático, uma reação alérgica grave, mas isto pode ser revertido no centro cirúrgico.

6 – É mito dizer que o choque anafilático tem grandes possibilidades de acontecer. Esta reação tem um risco mínimo.

7 – É mito achar que os medicamentos anestésicos são perigosos. Os atuais medicamentos são muito seguros e apresentam uma baixa incidência de alergias e complicações graves.

8 – É mito acreditar que existe um exame que determine se o paciente tem alergia ao medicamento anestésico. Só é possível prever reações em pacientes que já tenham alergias a borracha ou látex.

9 – É um mito pensar que a anestesia geral é perigosa. Na prática, o risco é o mesmo para todos os tipos de anestesia.