Ácaros – Por que causam alergia?

Ácaros – Por que causam alergia?

Por que os ácaros fazem mal à saúde?

Durante o seu ciclo de vida de aproximadamente 100 dias, as atividades dos ácaros se resumem a comer, defecar e se reproduzir. O que de fato faz mal não são os ácaros em si, e sim os seus excrementos.

Apesar de gostarem de ambientes úmidos e quentes, é no período mais seco e frio que sentimos com maior intensidade os malefícios causados pelos ácaros em nosso sistema respiratório. E os motivos são diversos: desde a pouca circulação de ar nos ambientes fechados até a utilização de roupas e cobertores que ficaram guardados por muito tempo e foram infestados pelos microrganismos.

É gripe ou alergia?

Pelo fato das gripes e resfriados acontecerem com mais frequência no inverno, é importante não confundi-los com alergias. É muito comum, nesta época do ano, as pessoas misturarem os sintomas, por serem bastante parecidos.

Para distinguir entre alergia e resfriado, observar a duração dos sinais do corpo. Os resfriados melhoram em até dez dias, as alergias não.

O que sentem os alérgicos aos ácaros?

Os sintomas da alergia variam de acordo com o grau do processo inflamatório da pessoa. Os mais comuns são:

  • Conjuntivite
  • Eczema
  • Sensação de peito fechado
  • Espirros
  • Coceira nas mãos ou rosto
  • Corrimento ou bloqueio nasal
  • Asma

A reação alérgica

Ácaros – Por que causam alergia?
Teste subcutâneo para detectar alergias.

O sistema imunológico é o mecanismo de defesa do corpo. O tempo todo, estamos expostos a muitos organismos e substâncias alergênicas e, na maioria das vezes, convivemos com isso sem problema nenhum. Porém, em alguém nãoalérgico, a reação protetora que o organismo produz contra essas substâncias é nula ou de baixa intensidade e ela permanece despercebida. Já em um indivíduo alérgico, cada vez que ele entra em contato com seu alergênio, é desencadeada uma resposta protetora exagerada.

As reações alérgicas são bem mais comuns na infância, principalmente quando a criança já manifesta uma predisposição. Mas os tipos de alergia entre pessoas da mesma família podem ser bem diferentes. Um filho pode ter asma, e outro, rinite alérgica, por exemplo.