8 peixes saudáveis para a Sexta-feira Santa

8 peixes saudáveis para a Sexta-feira Santa

A Páscoa é uma data muito importante, principalmente no mundo ocidental. E, para manter as tradições, ainda é muito comum que famílias escolham não comer carne vermelha na sexta-feira Santa. Assim, os peixes assumem o posto de prato principal.

8 opções de peixes saudáveis para a mesa de Sexta-feira Santa

8 peixes saudáveis para a Sexta-feira Santa

1. Cavalinha

A cavalinha tem pouca gordura nociva e é ótima fonte de Ômega 3, protegendo as artérias de problemas cardiovasculares e ajudando a combater inflamações.

2. Truta

O peixe apresenta também ácidos graxos ômega-3 e baixo teor de calorias, o que a torna uma boa opção para dietas de emagrecimento e na redução do colesterol ruim (LDL), nocivo ao coração.

3. Linguado

O linguado possui uma carne muito saborosa. Tem baixo teor de gordura e altos níveis de iodo, proteína e selênio e vitamina E.

4. Sardinha

A sardinha é um alimento de fácil digestão e uma excelente fonte de minerais e vitaminas A e D, que se mantêm íntegras mesmo na conserva.

5. Bacalhau

Considerado um peixe nutritivo e também de fácil digestão, o bacalhau é rico em minerais, como ferro, fósforo, magnésio e em vitaminas A, E, D, B1 e niacina. Uma boa fonte de ácidos graxos do tipo ômega 3 e ômega 6, que favorecem o desenvolvimento do sistema imunológico e contribuem para a redução dos níveis de colesterol e triglicérides.

6. Atum

Excelente fonte de proteínas, vitaminas e minerais, com a vantagem de ser um pescado com poucas gorduras saturadas e com uma alta concentração de ômega 3. A gordura do bem que faz uma limpeza nas artérias, reduz o colesterol ruim (LDL) e afasta o risco de doenças cardiovasculares.

7. Salmão

Riquíssimo em ômega 3, o salmão é um peixe de grande destaque e bastante apreciado na alimentação por causa do sabor delicado, coloração característica e versatilidade em preparações culinárias.

8. Cação

Por não possuir escamas, o cação está mais suscetível à contaminação por metais pesados e toxinas. Elas funcionam como uma barreira natural de impurezas.