Reforma da Previdência Social – 5 coisas que eu preciso saber

Reforma da Previdência Social – O que eu preciso saber

Com o início de 2019, começaram as conversas sobre a Reforma da Previdência Social. O que se sabe é que ela vai ser proposta e será noticiada na mídia.

Quem são as pessoas que podem ser atingidas pela Reforma da Previdência Social?

Todos os cidadãos têm alguma relação com a Previdência Social e isso dede o nascimento, como no direito ao “Salário-maternidade”. Quando começam a trabalhar passam por quatro fases da vida: quando estão longe da aposentadoria; quando estão perto; quando já podem se aposentar e quando já estão aposentados.

Onde o aposentado e o pensionista podem ser atingidos?

Quem já está aposentado não pode ter o benefício alterado, nem reduzido. Trata-se de direito adquirido, mas ninguém está livre de ter que contribuir para o INSS.

Quem pensa em acumular mais de um benefício tem que ficar atento, da mesma forma que o servidor público que ganha mais que o teto do INSS, porque este pode ser tributado.

Quem não está satisfeito com o valor da aposentadoria poderá pedir a revisão?

O prazo é de dez anos. O caminho para a solicitação é simples: solicite a cópia do processo no INSS pelo site ou telefone 135. Confira os cálculos e veja se tem direito de aumentar o valor do benefício.

Pra quem já pode se aposentar

Reforma da Previdência Social – O que eu preciso saber

É muito importante ter calma. Tem muita gente pedindo a aposentadoria sem planejamento. Quem já completou o tempo de serviço tem direito adquirido. Nada que possa ser mudado pode atingir este tipo de trabalhador. A dica é fazer contas para saber se vale a pena bater o martelo ou se é o caso de esperar um pouco mais para conquistar mais vantagens.

Pessoas que estão próximas da aposentadoria

Essas pessoas não têm o que fazer a não ser arrumar todos os documentos do passado, fazer a contagem do tempo de serviço e esperar as regras ficarem mais claras.

É importante que tudo esteja organizado para quando as regras de transição forem aprovadas, se possam encontrar as brechas que podem ajudá-lo no planejamento previdenciário.