Programa “Profissão Reporter” aborda a vida sexual na terceira idade

Programa “Profissão Reporter” aborda a vida sexual na terceira idade

Na reportagem desta quarta-feira, 13/12, o Programa Profissão Reporter da TV Globo irá falar sobre a vida sexual na terceira idade. O repórter Erik Von Poser entrevistou idosos que frequentam os bailes do Parque da Água Branca, na zona oeste de São Paulo. Os idosos entrevistados falam sobre como namoram, se divertem, etc. e de maneira bem direta explicam se usam ou não preservativos.

A repórter Eliane Scardovelli, constata que na Estação da Luz, região central de São Paulo, A quantidade de prostitutas que tem clientes da terceira idade é grande, muitos já são atendidos por elas há vários anos e não tem o hábito de usarem preservativos. Um dos entrevistados disse que chega a gastar R$800,00 por mes dos R$2.000,00 que recebe de aposentadoria.

AIDS na terceira idade

De acordo com o Ministério da Saúde, houve um aumento de 103% nos últimos 10 anos, de casos confirmados de HIV em pessoas com mais de 65 anos.

 Programa “Profissão Reporter” aborda a vida sexual na terceira idade

Os idosos de hoje tem disposição para fazer todas as coisas de uma vida plena, inclusive namorar. O problema é que ninguém imagina que eles estão cada vez mais ativos sexualmente.

Pessoas com mais de 60 anos de idade apresentam uma maior dificuldade para se detectar doenças sexualmente transmissíveis, por causa da fragilidade do sistema imunológico deles, pois podem ser confundidas com outras infecções.

Prevenir é melhor que remediar

A TV Globo apresenta o tema no programa “Profissão Reporter”, pois existe uma preocupação crescente com este mal que vem crescendo entre os idosos.

Viver uma vida plena na terceira idade também inclui novas responsabilidades para com a saúde pessoal e coletiva. Precisamos nos livrar de uma vez por todas da falsa sensação de que não há mais necessidade de cuidados neste sentido, por já estarmos com determinada idade, como se isso nos tornasse imunes a qualquer tipo de problema.

Nos prevenirmos das contaminações será bom pra nós e para as pessoas que convivem conosco, pois em se tratando de cuidados com a saúde, todo cuidado é pouco!