Metade dos brasileiros aceita cookies digitais sem saber o que são.

Opção que aparece no momento em que usuários entram em site pode armazenar dados, além de deixar navegador mais lento.

Uma pesquisa promovida pela empresa de segurança digital Avast revelou que metade dos brasileiros aceita cookies digitais sem saber o que eles são. Dos mil ouvidos no estudo, apenas 17% declararam consultar as políticas do site antes de confirmar ou recusar a funcionalidade.

Os cookies são pequenos códigos que um site coloca no navegador  de um usuário para acompanhar as ações e, assim, tornar a experiência do internauta mais personalizada. Quando a pessoa clica em aceitar, podem ser disponibilizadas à empresa proprietária da página informações como localização do consumidor e registro de preferências, entre outros recursos.

Entretanto, alguns sites podem, por sua vez, coletar dados para vender ou compartilhar informações com terceiros, expondo o usuário a técnicas de monitoramento mais invasivas, segundo a Avast. As publicidades direcionadas, por exemplo, são um caso do uso de cookies.

Pelo menos 60% das pessoas ouvidas responderam que recusam os cookies por preocupação com as informações coletadas pelo site, já 23% não aceitam pois não querem receber publicidade direcionada.

Ao menos 52% das pessoas que dizem aceitar os cookies afirmam que tomam tal medida para entrar mais rapidamente em sites. Entre os participantes da pesquisa, dois em cada cinco disseram que não gerenciam os cookies salvos.

O acúmulo desse recurso no navegador pode deixá-lo mais lento, já que novos cookies se somam a antigos cada vez que uma permissão é dada pelo usuário.

Para limpar os cookies, basta entrar nas configurações do navegador utilizado. Alguns programas externos também oferecem recursos para ajudar o usuário a se livrar da função muitas vezes polêmica.