Governo Federal Repassa R$ 2,4 Milhões para Assistência Humanitária em Angra dos Reis (RJ)

Também foi reconhecida, na segunda-feira (04/04), a situação de emergência na cidade de Paraty.

O governo federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), autorizou nesta segunda-feira (04/04) o repasse de 2,4 milhões de reais para Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. Desde a última sexta-feira (01/04), o estado sofre com fortes chuvas e a cidade foi severamente afetada. Veja links para regulamentos do Diário Oficial para publicação de recursos autorizados.

Os recursos repassados ​​à cidade do Rio de Janeiro serão utilizados na compra de cestas básicas, colchões e itens de higiene pessoal, material de limpeza e sacos de dormir. Cerca de 86 mil pessoas serão beneficiadas.

O MDR também reconheceu a emergência na cidade de Paraty (RJ). Com isso, a cidade pode solicitar recursos para operações de resposta, como socorro e assistência humanitária, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de áreas afetadas.

Nesta terça-feira (04/05), o ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, visitará os municípios de Angra dos Reis e Paraty. Primeiro, assinará um decreto estabelecendo diretrizes e procedimentos para a reconstrução de unidades habitacionais danificadas por desastres naturais. Em Paraty, haverá uma reunião com a prefeitura local para discutir as operações de socorro.

apoio federal
Desde domingo (3 de abril), uma equipe nacional de proteção civil está em Angra dos Reis para apoiar as populações afetadas e auxiliar os gestores municipais na solicitação de recursos federais.

Na manhã de domingo (4 de março), o coronel Alexandre Lucas, ministro da Proteção do Estado e Defesa Civil do MDR, sobrevoou a cidade do Rio de Janeiro em um helicóptero naval para analisar as áreas mais afetadas pela chuva torrencial. Reunião com a Proteção Civil Municipal na presença do Governador do Rio de Janeiro Claudio Castro,

e do prefeito de Angra dos Reis, Fernando Jordão, além de outras autoridades.


Ainda no fim de semana, foi reconhecida a situação de emergência da cidade de Angra dos Reis. A medida foi tomada por procedimento sumário, que ocorre em casos de desastres de grandes proporções e com base apenas no requerimento e no decreto de emergência ou de calamidade do estado ou do município. O objetivo foi acelerar as ações federais de resposta.