Bagagem no avião? – Regras de cada companhia aérea

Bagagem no avião? – Regras de cada companhia aérea

Vejamos as novas regras da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), vigentes desde o dia 29 de abril de 2017, e que trazem mudanças para franquia de bagagem.

Franquia de bagagem despachada

Agora as companhias aéreas estão autorizadas a cobrar pela bagagem despachada e não são mais obrigadas a oferecer a franquia de uma bagagem de 23 kg para voos nacionais e de dois volumes com até 32 kg para voos internacionais.

Assim, as companhias poderão cobrar pelo serviço, com uma taxa extra, como se fosse a taxa de embarque. As empresas terão liberdade para definir como será feita a cobrança e se ela será realmente feita.

Veja também:

Viajar de avião – Cuidados importantes na terceira idade

Como ficaram as regras em cada companhia

Azul

  • Voos domésticos: a Azul passou a oferecer 2 opções de tarifas. A tarifa Azul, com passagens aéreas mais baratas, sem bagagem incluída – se incluir uma bagagem de 23 kg, basta solicitar antecipadamente (R$ 50), ou no balcão de check-in (R$ 60). A tarifa MaisAzul mantém o mesmo preço de antes e inclui uma bagagem de 23 kg.
  • Voos Internacionais: em voos para os Estados Unidos e Europa, é permitido levar 3 volumes de 23 kg na classe executiva e 2 volumes de 23 kg na classe econômica. Para a América do Sul e Caiena, é permitido um volume de 23 kg na Tarifa MaisAzul.

Gol

  • Voos domésticos: Nova classe tarifária promocional, chamada de tarifa Light, para clientes que aceitarem viajar só com a mala de mão. Se o cliente quiser despachar algum volume, pagará R$ 30 por cada mala de até 23 kg quando solicitado pela internet, autoatendimento e agências de viagens, ou R$ 60 quando o serviço for solicitado no balcão.
  • Voos Internacionais: Haverá a cobrança por bagagem despachada em viagens para o exterior. O peso máximo diminui para 23 kg e custará US$ 10 quando solicitado pela internet, autoatendimento e agências de viagens, ou US$ 20 quando solicitado no balcão.

LATAM

  • Voos domésticos: Os clientes que escolherem a Tarifa Promo e quiserem despachar suas malas devem pagar R$ 40 (antecipado) e R$ 80 (no balcão) pelo primeiro volume despachado de até 23 kg.
  • Voos internacionais: Na América Latina, o cliente terá direito a despachar uma bagagem de até 23 kg sem custos, e em outros voos internacionais, essa cota sobe para duas bagagens de até 23 kg.

Avianca

  • Voos domésticos: clientes que optarem pela Tarifa Promo e quiserem despachar suas malas devem pagar R$ 30 por volume despachado de até 23 kg (antecipado) ou R$ 60 (no balcão).
  • Voos internacionais: todos os voos internacionais têm pelo menos uma bagagem incluída.

Franquia de bagagem de mão

A bagagem de mão terá o seu peso alterado, o que pode facilitar a vida de alguns viajantes, já que antes a franquia era de 5 kg e agora passa para 10 kg. Esta regra vale tanto para voos internacionais quanto para voos domésticos.